Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Influenciadora Dina Carmona indica filmes com a temática moda

Dina é uma das precursoras na criação de conteúdo de moda do estado

Painah Silva

A influenciadora Dina Carmona tem um perfil no Instagram, no qual fala sobre moda e tendências, principalmente no cenário amazônico e paraense. Formada em Publicidade e Propaganda, ela criou um blog na época da faculdade e a partir desse momento começou a usar a internet para falar sobre moda, sendo uma das primeiras influenciadoras do meio no Pará. 

Com a pandemia, Dina conta que teve um “rebranding”, um conjunto de ações que contribuíram para que ela melhorasse a sua identidade visual. Carmona passou de uma “blogueira do look do dia” para alguém que tem um pensamento mais consciente quanto à cultura regional. “Eu vi que morar na região da maior floresta do mundo é muito forte, é muita potência, me empoderei muito disso, e fiz o projeto “Mulheres Fortes do Norte”, onde falo muito sobre a cultura amazônica e indígena”, diz ela.

Como alguém que entende de moda, Dina veio ao O Liberal indicar três opções para assistir nas plataformas de streaming que retratam o meio. 

A primeira opção é um filme considerado como clássico por quem gosta da temática. “O Diabo Veste Prada”, é um longa de 2006 que conta a história de Andy, uma moça recém-formada e cheia de sonhos, que é aceita na conceituada revista de moda Runway, como assistente de uma mulher difícil de lidar, Miranda Priestly. No enredo é possível ver todos os “perrengues” que Andy precisa passar para agradar a sua chefe. “Eu já vi mais de dez vezes e acho que cada vez que olho me dá uma ótica de mercado, do conteúdo de moda, dos bastidores do luxo”, afirma Carmona. O filme está disponível para assinantes do Star Plus. 

A segunda indicação é o documentário “Casablancas, O Homem Que Amava as Mulheres”, que conta a história do agente e fundador da Elite Model, John Casablancas. O longa mostra a trajetória do empresário que foi o responsável por descobrir diversas modelos conhecidas, como Linda Evangelista, Naomi Campbell, Cindy Crawford e Claudia Shiffer. Dina afirma que é um documentário bastante interessante, pois mostra os bastidores dos holofotes, que eram repletos de drogas, sexo e álcool. “Eu amo documentário e é uma das coisas que eu mais assisto”, diz a influenciadora. 

A outra opção é o filme “Maria Antonieta”, lançado em 2006, que conta a história da rainha da França. O longa, como a própria criadora de conteúdo afirma, não é uma opção tão óbvia sobre moda. Porém, tudo o que a rainha usou durante sua vida, tanto no vestuário, quanto nos acessórios, se tornou bastante marcante, principalmente para quem gosta da área. “Eu já tive a oportunidade de ir em Versalhes [o palácio] e é realmente suntuoso o tanto que essa época e ela [Maria Antonieta], especificamente, foram significativos pra essa criação da moda e usarem ela como referência. Eu amo esse filme e amo filmes de ‘época’”, diz Dina.

(*Estagiária Painah Silva, sob supervisão da Coordenadora de Conteúdo de Cultura, Sonia Ferro)

Cultura
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM CULTURA

MAIS LIDAS EM CULTURA