Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Imersão pela verdadeira Amazônia

Grupo formado por pessoas de vários estados faz visitas fotográficas às ilhas de Belém

Enize Vidigal

O projeto “Nas Curvas dos Rios”, realizado pela fotógrafa Elza Lima e pelo EstudioDezBelém, abre nesta sexta-feira, 8, às 20h, a exposição fotográfica resultante da imersão pelas ilhas da capital paraense realizada por 17 amantes dessa arte vindos de outros cantos do país. Sob a curadoria de Elza, a mostra reúne 42 imagens com diferentes olhares sobre o Furo do Seu Gregório, no Combu, e as comunidades de Boa Vista do Acará e o Igarapé de Jenipaúba. A exposição fica aberta à visitação no StudioDezBelém até o próximo dia 17 de abril. A entrada é franca.

Ao formar grupos para imersões fotográficas, Elza Lima e o estúdio realizam uma série de encontros virtuais com informações sobre o lugar a ser visitado. “É uma forma de ambientar os participantes, eles já chegam tendo conhecimento sobre o lugar, sobre a história, a cultura e o modo de vida. Não queremos simplesmente trazer turistas, mas pessoas que passem a conhecer, a valorizar e a defender a Amazônia, que criem um vínculo com a  região” explica a curadora. Elza Lima é fotógrafa paraense com extenso currículo de exposições e premiações. A imersão conduzida por ela ocorreu em novembro do ano passado.

Na ilha do Combu, o grupo conheceu o seu Gregório, um pescador que relata ter encontrado pessoalmente com o Curupira, apresentando os contos do imaginário popular da região. Em Boa Vista do Acará, o local visitado foi o terreno do Seu Ladir, uma espécie de mestre do saber popular sobre as propriedades das ervas, árvores, frutos e sementes. Já no Igarapé Jenipaúba, na subida do rio Acará, Dona Maria, contou sobre a relação daquela comunidade, que tem nela uma liderança. A imersão durou quatro dias.

A exposição traz um texto de abertura de autoria de uma das fotógrafas participantes, a advogada Adriana Ancona, de São Paulo, e um vídeo-performance da fotógrafa Marise Maués, de Abaetetuba, realizado durante a imersão, no Furo do Maracujá.

As fotografias serão comercializadas e a renda será revertida em favor das comunidades visitadas, informa o diretor do StudioDezBelém, Jorge Teixeira. O estabelecimento funciona como estúdio fotográfico e escola de arte, com oferta de cursos e espaço expositivo.

“Foi uma vivência intensa. Dormimos na embarcação e em um barracão. Sem internet. Foi como se tivéssemos entrado na cápsula do tempo”, recorda Elza. “A exposição está muito bonita, tem uma equivalência na qualidade apesar dos participantes não serem fotógrafos profissionais. Eles retrataram

Outras imersões

Elza Lima prepara a próxima imersão para a cidade de Cametá, no Nordeste Paraense, onde realizará o projeto fotocultural “Cametá Viva”, no próximo mês de setembro. O projeto anterior foi “Bem Querer Marajó”, conduzido pelo fotógrafo João Riper, do Rio de Janeiro, também em parceria com o StudioDezBelém, que levou três grupos, totalizando 42 pessoas para fotografar a região, em setembro de 2021. Em outubro próximo, Riper conduzirá outra imersão pela terra indígena Paiter Suruí, na divisa do Mato Grosso com Rondônia.

“A mostra do Marajó, a gente achava que ia ficar só em Belém, mas ela ganhou asas. Já circulou também pelo Marajó, por São Paulo, no mês passado, e há previsão de seguir para o Rio de Janeiro”, conta Jorge. Ele tem como sócio, o fotógrafo Valério Silveira.

 

Abertura da Exposição “Nas Curvas dos Rios”

Dia: Sexta-feira, 08/04

Hora: 20h

Local: StudioDezBelém (Tv Rui Barbosa, 543, entre Ruas Ó de Almeida e Aristides Lobo)

A visitação acontece aos sábados, das 9 às 12h, e de terça a sexta-feiras, das 15 às 19h, até o dia 17/04

Entrada franca

Palavras-chave

Cultura
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM CULTURA

MAIS LIDAS EM CULTURA