Gretchen lamenta partida de Belém e diz que seus direitos foram violados

A cantora relatou que sofreu ameaças de policiais militares pelas redes sociais

Emanuele Corrêa
fonte

A cantora Gretchen, 63 anos, compartilhou uma carta aberta em sua conta oficial no Instagram na manhã desta sexta-feira, 6, com o comunicando que está "indo embora de Belém do Pará". A decisão aconteceu, após as denúncias da artista contra o que ela classifica como "abuso" da borracharia ao lado de sua casa, que realiza os serviços na frente de sua garagem e, também, após sofrer ameaças de policiais militares.

A equipe da redação Integrada de O Liberal entrou em contato com a cantora, que informou que as medidas jurídicas já estão sendo tomadas e enviou a carta pública. "Denunciei. Pedi. Fiz de tudo para que se resolvesse o problema. Agora até a viatura policial para na minha garagem para trocar pneu e ainda por cima me intimida com uma arma. A Drª Aderleyse Pereira Prado está tomando todas as providências legais. Isso não vai ficar assim. Meus direitos foram violados. E todos que me lesaram vão pagar por isso", declarou a artista.

image Gretchen se irrita e avisa: 'Vou embora de Belém logo após o Carnaval'; entenda a polêmica
Vou aproveitar meu tempo fora para estudar também. Irei aperfeiçoar meu inglês e o francês na faculdade de Coimbra

Gretchen relatou também em entrevista que sentiu seus direitos violados e a maior motivação de sua mudança de Belém é a sensação de impunidade. "Mas o grande motivo é a impunidade daqui. Permitir que a ilegalidade se sobreponha ao correto é inadmissível. Não é porque sou mulher que vou permitir que me violem os meus direitos. Pelo contrário, não tenho medo de homens. Nunca tive e nunca terei", complementou. 

Já em sua publicação no Instagram e desabafo nos stories da rede social, Gretchen foi além e disse que está magoada com toda a situação que ela e sua família estão vivendo. "Eu estou muito magoada, muito triste, porque esse foi o lugar que eu escolhi para envelhecer. Se vocês conhecerem a minha casa por dentro, vão ver que é a minha casa. É um lugar único, meu. Teve gente que disse: 'sua casa é de aluguel'. Não, minha casa não é de aluguel, eu comprei. Se vocês conhecerem por dentro vão ver que tem a minha cara [...] Eu posso dizer que eu tô muito triste, mas eu vou voltar, porque o Pará é um dos lugares mais lindos do mundo, e eu posso dizer porque eu já viajei o mundo", desabafou a artista.

"Primeiro lugar, 'tá' a minha saúde mental, 'tá' a proteção do meu marido e dos meus filhos, porque esse tipo de gente não tem nada a perder, e pode fazer alguma coisa contra as pessoas que eu amo. Não vão fazer contra mim, porque têm medo de mim, mas podem fazer contra as pessoas que eu amo. Então, é melhor eu ir", completou os sentimentos.

Os vídeos foram gravados na partida da cantora para Soure, no Marajó. Antes de se mudar, ela disse que gostaria de se despedir do Marajó, um dos locais do Pará que tem bastante carinho. Segurando o muiraquitã que usa em um colar, ressaltou que o levará como símbolo do estado que decidiu morar e envelhecer. 

image Gretchen: cantora se envolve em confusão após PM usar a sua garagem para encher pneu
Borracheiros que trabalham ao lado de sua residência, usam espaço para realizarem serviços

"Agora sabe o que eu mais lamento? É que aqui em Belém eu fiz amigos para a vida inteira. O que eu mais estou sentindo são os meus amigos. Eu levava uma vida normal. Eu saia para jantar, dar risada, íamos para os shows, ia para casa dos meus amigos, assistimos 'França e Argentina' na minha casa, foi muito engraçado. Os meus amigos paraenses, o meu povo paraense, estarão no meu coração. Eu tenho paixão pelo povo, carimbó... Por tudo o que o Pará tem de melhor. Eu amo o Pará", finalizou.

A cantora Gretchen tranquilizou os seus patrocinadores e disse que irá cumprir com todos os seus compromissos profissionais. "Eu vou cumprir minhas agendas, meus shows, vem carnaval aí. A gente resolveu aí. Nada é definitivo. Vamos viver um dia de cada vez. Quero deixar meus contratantes de publis, shows, tranquilos. Pois eu estarei aqui para quem gosta e não gosta", disse.

 

Gretchen denúncia mensagens que recebeu nas redes sociais

A cantora Gretchen revelou que sofreu ameaças também pelas redes sociais, após contar aos seus seguidores, que uma viatura que seria da Polícia Militar (PM), realizou  um procedimento de borracharia em frente a sua casa. Em seguida, teria recebido mensagem de policiais militares dizendo que as atitudes estavam corretas. 

"Eu recebi direct de pessoas da polícia militar dizendo que tinham que descer o cacete em mim, eu recebi. Eu não printei porque eu fui burra, mas eu espero que eles continuem me mandando, porque eu vou printar e vou postar para vocês. Homens policiais mandando recado para mim, dizendo que os policiais que estavam na minha porta tinham que descer o cacete em mim, foi esse palavreado. Eu não tenho medo. Outro disse quero ver você precisar da polícia, se a gente vai te atender, é obrigação de vocês, vocês estão aí para atender a população", finalizou o desabafo.

Confira a nota da cantora na íntegra:

Cultura
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM CULTURA

MAIS LIDAS EM CULTURA