Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Empresário conta última conversa de Elza Soares com a família: 'Acho que vou morrer'

Pedro Loureiro relembrou ainda que a última música gravada por Elza foi 'Me deixe cantar até o fim'

O Liberal

O dia em que Elza Soares partiu começou como um outro qualquer, como conta Pedro Loureiro, empresário da cantora de 91 anos que faleceu nesta quinta-feira, 20, no Rio de Janeiro. Em entrevista ao G1, Loureiro descreveu os últimos momentos de Elza.

"Ela estava bem, gravou o DVD no dia 17 e 18 de janeiro. Acordou hoje e fez fisioterapia. Tudo normal. A gente até percebeu um leve cansaço nela, uma respiração mais ofegante, mas achamos que foi por causa da fisio", contou Pedro ao G1.

O empresário lembra ainda que, depois de um momento, Elza pediu para descansar e começou a apresentar a fala um pouco embolada. Isso chamou a atenção de Pedro e familiares de Elza que estavam por perto, mas ela brigou com todos e disse que estava bem.

Algum tempo depois, Elza se dirigiu aos familiares e disse: "Eu acho que vou morrer".

Com o alerta, os familiares checaram sua pressão e oxigenação. Uma pequena diferença foi notada e então uma ambulância foi chamada. Cerca de 40 minutos depois, Elza foi mudando o semblante, até que apagou, como conta Pedro.

"Foi uma morte tranquila, sem traumas, sem motivo. Morreu de causas naturais. Esse, aliás, era um grande medo dela: ter uma morte sofrida, por doença. Hoje, ela simplesmente desligou", conta o empresário.

A última música que Elza cantou

Sobre os útlimos dias, Pedro também contou ao G1 que Elza estava com a saúde perfeita e estava no auge de sua vida.

"Seus últimos dias foram de uma rainha. Ela gravou DVD, cantou, estava de casa nova, uma cobertura que ela comprou. Estava superfeliz, superbem e morreu no auge de seus 70 anos de carreira. Com tudo que ela demorou uma vida inteira para conquistar", disse ele, que se emociona ao lembrar que a última música gravada por Elza no DVD foi a icônica "Mulher do Fim do Mundo", onde Elza repete a frase: "Eu quero cantar até o fim".

"No DVD, a última música que ela cantou, cantou em vida, foi: 'Me deixem cantar até o fim'", lembra o empresário Pedro Loureiro.

Velório

Ainda segundo o G1, Elza Soares terá um velório no Theatro Municipal do Rio de Janeiro, com cerimônia aberta ao público em horário que ainda será confirmado. O corpo será enterrado no Jardim da Saudade Sulacap.

Cultura
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM CULTURA

MAIS LIDAS EM CULTURA