Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Depoimento do motorista de Rodrigo Mussi apresenta contradições, diz colunista

O ex-BBB Rodrigo Mussi foi levado ao hospital em estado grave após sofrer um acidente em um carro de aplicativo

Painah Silva

Após acidente em carro de aplicativo, que deixou Rodrigo Mussi em estado grave de saúde, o caso vem apresentado reviravoltas. Segundo Leo Dias, O depoimento de Kaique Reis, motorista que estava conduzindo o veículo que o ex-BBB estava, desperta dúvidas sobre o que, de fato, ocorreu.

O motorista dirigia um Renault Logan na Avenida Marginal do Rio Pinheiros quando colidiu com a traseira de um caminhão. Para a polícia, o motorista disse acreditar que dormiu no volante e somente acordou quando o airbag já tinha sido acionado. Até o momento, esta é a versão mais aceita. Porém, há contradições.

Horários:

Familiares de Rodrigo Mussi estão em dúvida sobre muitas das declarações de Kaique. A primeira surge sobre os horários dos acontecimentos daquela quinta-feira (31/3). O motorista disse à polícia que aceitou a corrida de Rodrigo Mussi às 1h30 da madrugada, na Rua Jubair Celestino, 195, Presidente Altino, em Osasco (SP). O acidente ocorreu por volta das 4h. Com base na versão do motorista, a corrida teria durado três horas, o que não faz sentido com a realidade, sendo que o destino final era a Rua Bela Cintra, número 1032. O trajeto, mesmo em horário de pico, duraria aproximadamente 30 minutos.

As câmeras de segurança do prédio onde o ex-BBB estava registraram ele saindo do local aproximadamente às 3h20. Esse é mais um fato que reforça que Rodrigo não pediu o carro às 1h30, como alegou o motorista.

Não conhecia:

Outro fato que gera questionamento é o fato de Kaique ter dito inicialmente que não conhecia Mussi, e quando o administrador foi socorrido, não havia sido identificado pelo motorista e acabou admitido no hospital como um desconhecido. Mas o motorista sabia o nome do passageiro, pois o informou à polícia quando deu o depoimento na manhã de quinta-feira.

Celular:

Outra contradição envolve o celular do influenciador. Segundo informações de Leo Dias, o aparelho de Rodrigo Mussi não foi encontrado pela perícia policial. Quem recuperou o smartphone foi o motorista. Além dessa questão, Kaique também não atendeu as ligações dos parentes do ex-BBB durante toda a quinta-feira, dia do acidente. Quando familiares recuperaram o aparelho, o celular indicava que tinha sido alvo de diversas tentativas de desbloqueio. As fontes da coluna disseram que familiares acreditam que o motorista foi quem tentou fazer os desbloqueios, sem sucesso.

(Estagiária Painah Silva, sob supervisão da Coordenadora de Conteúdo de Cultura, Sonia Ferro)

 

Cultura
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM CULTURA

MAIS LIDAS EM CULTURA