Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Shantal diz na polícia que o obstetra Renato Kalil indicou abortivo para induzir parto

A influenciadora acusa o médico de violência obstétrica. Ele nega.

O Liberal

A influenciadora Shantal Verdelho, que acusa o obstetra Renato Kalil de violência obstétrica, prestou depoimento contra ele na Polícia Civil e também foi submetida a exame de corpo delito. Durante o depoimento, ela deu informações sobre o que ocorreu durante o parto da filha, Domênica, em setembro.

No depoimento, Shantal disse que o médico insistiu para que ela fizesse uso do medicamento abortivo Misoprostol, quando estava com 40 semanas de gestação, pois o objetivo era acelerar o trabalho de parto. Shantal decidiu não usar a droga após consultar outra obstetra e uma fisioterapeuta pélvica. A informação foi divulgada pela colunista Mônica Bergamo, da Folha, que teve acesso ao depoimento.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária determina que esse medicamento só pode ser administrado em ambiente hospitalar e é contraindicado para mulheres que já tenham feito cesárea, como é o caso de Shantal. 

O objetivo do exame de corpo delito realizado na última terça-feira, 21, foi verificar se o procedimento realizado por Kalil causou lesões na vagina da influenciadora.

Em trecho do vídeo feito pelo marido da influenciadora, Matheus Verdelho, durante o parto, em São Paulo, o obstetra diz que Shantal ficou "arregaçada" porque não quis fazer uma episiotomia (corte no períneo). O Conselho Regional de Medicina do Estado de SP investiga a conduta do médico.

Shantal contou que o médico praticou a manobra de Kristeller (quando a barriga da gestante é pressionada para empurrar o bebê), que é contraindicada pela Organização Mundial de Saúde e pelo Ministério da Saúde.

Renato Kalil nega as acusações. Em nota enviada à Folha, o advogado disse que as condutas do médico são "pautadas pelas boas práticas" e seguem os protocolos técnicos. "Dr. Kalil aguarda com tranquilidade o avanço das investigações, quando poderá ser ouvido e comprovar a lisura dos procedimentos adotados", informou.

Celebridades
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM CULTURA

MAIS LIDAS EM CULTURA