Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

MC Gui é condenado por chamar motorista de aplicativo de 'ladrão de muambas e cestas básicas'

Cantor é processado por danos morais

Bruna Dias

MC Gui terá que pagar uma indenização para um motorista de aplicativo. O cantor acusou publicamente o profissional de ter roubado as suas malas com objetos para doação, em 2020.

Essa é a primeira derrota de MC no processo. A decisão saiu na sexta-feira, 20, de acordo com Fábia Oliveira.

VEJA MAIS

MC Gui quase tem a luz de casa cortada por falta de pagamento
O cantor fez piada com a situação nas redes sociais.

MC Gui sobre bullying com menina com câncer 'Fui um moleque, um imbecil'
O músico falou ao colunista Leo Dias sobre o episódio de bullying contra uma criança na Disney

Alef Santos, o autor, pediu meio milhão de indenização, mas magistrada Luciana Antoni Pagano determinou que MC Gui pague o valor indenizatório de R$12 mil a título de danos morais ao motorista.

No processo, MC Gui fez a sua contestação, alegando que não deveria ser Réu na ação judicial, e que usou as redes sociais apenas para achar o motorista, que se apropriou indevidamente da mala de roupas de sua propriedade. De acordo com a defesa do cantor, o profissional só foi encontrado por conta da sua postagem.

MC Gui ainda disse que não ocorreu qualquer tipo de constrangimento ou humilhação com na ocasião, capazes de justificar causar danos ou prejuízos à honra. O cantor diz ainda que o motorista demorou para entregar as malas dele. Ele chamou Alef de “ladrão de muambas e de cestas básicas” e compartilhou a foto dele no seu story no Instagram.

Já Alef alega que não sabia que as malas eram de MC Gui.

Celebridades
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM CULTURA

MAIS LIDAS EM CULTURA