Inglês afirma ser filho bastardo do rei Charles e Camilla: ‘Tenho provas’

Simon Dorante-Day, de 56 anos, trava batalha judicial há mais de 30 anos para ser reconhecido como filho do atual rei. Ele exige a realização de teste de DNA

Maiza Santos

Um inglês chamado Simon Dorante-Day, de 56 anos, afirma ser filho do rei Charles III e da rainha consorte Camilla Parker Bowles. O caso, que chocou alguns súditos da dinastia Windsor, não é recente. Desde 1990, Simon faz reivindicações a respeito da paternidade e maternidade, mas foi em 2018 que ele deu início ao primeiro processo judicial. Segundo o inglês, há provas para confirmar as alegações.

VEJA MAIS

image Conheça manias do Rei Charles III, como tampa de privada em posição específica e 2,5 cm de pasta
Após repercussão negativa de vídeo, algumas manias do Rei Charles III levantaram a tona possíveis sinais de TOC; conheça outras manias do atual chefe supremo da monarquia britânica

image Rei Charles III folga por três dias após cansaço extremo de 11 dias de trabalho
O filho da Rainha está "cansado e de luto" e o soberano ficará no Castelo de Balmoral, na Escócia, até a próxima segunda-feira (26).

image Rei Charles já demitiu 100 funcionários em novo cargo, diz jornal britânico
Fontes afirmam que todos os ex-colaboradores estão furiosos com as dispensas

Apesar de tentar entrar em contato com a família real para o reconhecimento da suposta paternidade por quase três décadas, faz pouco mais de quatro anos que Simon passou a exigir a realização de testes de DNA. O homem afirma possuir provas sobre o caso. “É claro que tenho muito mais provas do que apenas fotografias para apoiar as minhas alegações. Toda a minha pesquisa é verificável e prontamente acessível”, disse o inglês, em entrevista ao 7News.

O suposto filho do rei ressaltou que ‘não descansará’ até a resolução do caso. “Quero fazer isso de maneira certa para que eu e a minha família possamos finalmente obter as merecidas respostas”, declarou. Atualmente, Simon vive no estado australiano de Queensland, porém, nasceu na cidade inglesa de Portsmounth, em 5 de abril de 1966.

Ligação com a rainha Elizabeth 

Aos oito meses de idade, Simon Dorante-Day foi adotado. Os avós adotivos dele trabalharam para a rainha Elizabeth II e o príncipe Philip em uma propriedade real. Segundo o inglês, a avó falava constantemente que o neto era filho de Charles e Camilla. Vale lembrar que, antes do atual rei se casar com a primeira esposa, a princesa Diana, ele teve um relacionamento amoroso com Camilla. O romance começou em 1965.

Simon alega que, durante os nove meses antecedentes ao seu nascimento, Camilla Parker esteve ausente do circuito social, enquanto Charles foi enviado a uma viagem à Austrália. O suposto filho do casal acredita que a família real manteve a mãe escondida durante a gestação. O inglês também afirma que há inconsistências de dados na certidão de nascimento, mais um detalhe usado por ele como prova.

image Simon Dorante-Day (Reprodução: Redes Sociais)

A paternidade

Apesar de Charles ter sido coroado rei, não altera a ação judicial. “Muitas pessoas estavam preocupadas que, quando Charles se tornasse monarca, isso prejudicaria o meu caso. Mas não vai fazer nenhuma diferença legalmente, ainda está avançando da mesma maneira”, garantiu ele ao ao 7News. Na entrevista, o inglês também ressaltou o pedido: “O mínimo que ele pode fazer é me dar uma resposta, me reconhecer. Se você não é meu pai, prove o contrário”.

Logo após a morte da rainha Elizabeth II, no início de setembro, Simon compartilhou o conteúdo de uma carta que havia enviado para a monarca há cerca de 10 meses. Ele publicou a mensagem nas redes sociais: “Eu certamente posso entender, e até certo ponto perdoar, ações que foram tomadas no passado em relação à minha existência, mas não posso esquecer o que ocorreu”, escreveu na mensagem.

As provas

Simon diz que a cor de seus olhos foram mudadas à força de azul para castanho com o intuito de “esconder a verdadeira identidade”. O inglês também declara que precisou lixar os dentes na adolescência para não se parecer com o suposto pai.

Quando soube que o rei Charles deu ao primogênito William, de 40 anos, o título de príncipe de Gales, Simon disse ter sentido “um chute na cara”. O Rei Charles tem dois filhos legítimos, William e Harry, frutos do casamento com Diana.

(Estagiária Maiza Santos, sob supervisão da editora Web de OLiberal.com, Ana Matos)

 

Celebridades
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM CULTURA

MAIS LIDAS EM CULTURA