Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Cantora Pink pagará multa de atletas norueguesas que se recusaram a usar biquíni em competição

A equipe teria que pagar uma multa de 1.500 euros por usar bermudas ao invés do traje de banho previsto no regulamento

O Liberal

A cantora americana Pink se ofereceu para pagar as multas impostas à equipe feminina norueguesa de handebol de praia, após as atletas não aceitarem  usar biquínis durante uma partida pelo campeonato europeu, e criticou a organização do torneio frisando que as praticantes deveriam vestir o que quisessem.  As informações são do G1.

Em uma publicação feita no Twitter, no último sábado (24), a artista pop afirmou estar muito contente pela equipe ter ido contra as ordens, que segundo ela, são consideradas “sexistas” e protestam contra as regras. 

"Estou muito orgulhosa da equipe feminina de handebol da Noruega por protestar contra as regras muitos sexistas sobre seu 'uniforme'", escreveu.

"A Federação Europeia de Handebol deveria ser multada por sexismo. Muito bem, garotas. Ficarei feliz em pagar a multa para vocês. Continuem assim", completou.

Entenda o caso

As regras da Federação Internacional de Handebol (em inglês, com as siglas EHF) estabelece no regulamento que as atletas “devem usar biquínis” em formatos “justos”, e de serem “cortados em um ângulo em direção ao topo da perna" e ter uma largura lateral não superior a 10 centímetros. Enquanto os homens, jogam de bermuda. 

Quando a equipe feminina norueguesa se recusou a usar as vestimentas, a federação informou que as meninas teriam que pagar uma multa de 1.500 euros por usar bermudas ao invés do traje de banho previsto no regulamento durante a partida pela medalha de bronze contra a Espanha em Varna, na Bulgária.

Celebridades
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM CULTURA

MAIS LIDAS EM CULTURA