Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

"Belém das Sombras" retrata o terror social sob o olhar de escritores paraenses

O livro tem como propósito repaginar e ressignificar o terror urbano de Belém

Bruna Lima

Quando se fala em terror logo vem em mente cenas de Frankenstein ou de outros clássicos de Hollywood, mas "Belém das Sombras" é mais uma obra organizada pelo escritor Andrei Simões, que reúne 16 contos de autores e autoras paraenses abordando o terror social, que trata sobre medos e situações reais do mundo. A publicação está sendo vendida por meio de campanha colaborativa e está disponível no site cartarse.

O livro, que é idealizado por Andrei Simões e pela editora de Filipe Larêdo, tem como propósito repaginar e ressignificar o terror urbano de Belém. " Idealizei esse livro chamando autores e autoras para repensar o terror, o livro vai além e utiliza o terror para repensar sobre as mazelas da sociedade nesse ano de 2020. Dessa forma acredito que podemos pensar de como tornar as coisas melhores para se viver", explica Andrei.

Todos os contos seguem esse formato, onde diversas vozes colocam seus pontos de vista sobre uma Belém assombrada por entidades antigas e com reinvenções de lendas urbanas, mas com representatividade e histórias originais.

"É um conteúdo onde abordamos as questões dos negros, da comunidade LGBTQI+ e entre outros grupos sociais", destaca Andrei, que está em sua sétima publicação. O escritor explica que em decorrência da pandemia do novo coronavírus não será possível realizar o lançamento presencial.

O sexto livro do escritor resgata o texto original da primeira publicação impressa "Putrefação", mas com diferença nos temas, nos textos e nas histórias. Andrei tenta não repetir fórmulas, pois ele diz que tem técnicas e não fórmulas. Tenta sempre fazer algo novo. E no livro sexto livro ele trata de um terror mais psicológico.

Andrei Simões tem mais de 20 anos de carreira e é um dos pioneiros do terror no Pará. É um pesquisador do terror, horror e ocultismo, tendo como principal interesse a Belém invisível. Mas além de escritor, também é biólogo, mestre em comportamento e professor universitário. 

É autor, organizador e escritor-participante da Feira Literária do Pará (FliPA), desde 2014. Foi também um dos palestrantes do 1° Congresso de Literatura e Leitores Fantásticos (CONALLFAN), congresso online realizado em 2014, é ministrante de oficinas de Escrita Criativa, além de participar de eventos como Thriller On The Book, palestrando sobre horror e terror, e de eventos geek como Animazon e Anime Geek em salas Literatura Fantástica e de Terror.

Cultura
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM CULTURA

MAIS LIDAS EM CULTURA