Desenvolvimento Pessoal e Profissional

Por Ricardo Tomaz

Tecnólogo em Gestão de Recursos Humanos com formação em Educação Corporativa, Carreiras com ênfase em Gestão de Pessoas. Analista de Treinamento e Desenvolvimento. Ator, palestrante, terapeuta holístico vibracional e Líder do Yoga do Riso

Um dos sinais mais poderosos do ser humano

Ricardo Tomaz

Nós somos ricos em diversas formas de comunicação com base na tolerância, acolhimento, respeito e compaixão. Aqui vamos abordar o resumo destes valores em um simples gesto, o SORRISO, esta capacidade de conexão natural que desenvolvemos desde muito cedo e que provém de uma energia espontânea e muito poderosa. Muitos pesquisadores afirmam que a nossa maior forma de comunicar é através das expressões, da linguagem corporal e isto inclui o tom da voz. 

O Sorriso pode ser uma expressão de rapport, que na neurolinguística significa a conexão entre pessoas de forma genuína, com respeito e que move reciprocidade baseada na confiança entres as partes. Sendo assim, o bom humor seguido pela sua ferramenta principal pode contribuir para estabelecer relações mais eficazes, duradouras, responsáveis e confiáveis.

Quando exercitamos o sorriso seja ele real ou mesmo forçado, porém amistoso, somos bem recepcionados e analisados por outras pessoas, isto porque o ser humano tem a capacidade natural de ler os gestos e sinais emitidos pelo corpo, provenientes das emoções e sentimentos. Jack Schafer e Marvin Karlins, autores do livro “Manual de Persuasão do FBI”, dizem que possuímos um Scanner Territorial no cérebro e este recebe constantemente mensagens dos nossos sentidos. O cérebro processa as informações avaliando se um certo indivíduo em nosso campo de visão pode ser ou não ignorado, pode ser abordado por nós ou completamente evitado. Eles falam ainda que este processo é automático e consegue ler comportamentos específicos verbais e não-verbais e interpretá-los como amistosos, neutros ou inimigos.

Este conhecimento sobre a riqueza de um sorriso pode despertar mais iniciativa de relações mais orgânicas e sinceras tanto no meio corporativo como na vida pessoal, pois sabemos o quanto um sorriso espontâneo pode atrair pessoas, abrir portas, além de beneficiar fisicamente aqueles que provocam este estado de bom humor.

Existe a comprovação de que o riso, o sorriso e o bom humor libera endorfina, serotonina, que são as substâncias da felicidade e bem-estar que o nosso próprio organismo produz. Estamos programados para viver situações de tristeza, preocupações e movidas pela raiva, contudo a consciência de que a vida é feita de altos e baixos e que a alegria faz parte dela também, pode modificar a visão das coisas.

Hoje se fala muito em criar uma comunicação mais assertiva, em promover o bem-estar no trabalho, a qualidade de vida e desenvolver um olhar mais amplo das coisas, com o objetivo de estabelecer relações melhores, tanto no ambiente de trabalho como em outros grupos sociais das quais fazemos parte. Portanto, vamos acreditar que o “sorrir” pode ser benéfico para nós e para tantas pessoas que nos rodeiam.

No entanto, há formas não-verbais de acompanhar o sorriso, mesmo usando máscaras, devido ao momento atual. Gestos positivos com a cabeça, o sorrir acolhedor com o olhar ou mesmo balbuciar o som do riso. Ferramentas existem, o que devemos fazer é buscar a consciência de que somos parte de um mundo que pode ser cada vez melhor, para todos. Sorria!

Desenvolvimento pessoal e profissional
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM RICARDO TOMAZ