CINE NEWS

Por Marco Antônio Moreira

Coluna assinada pelo presidente da Associação dos Críticos de Cinema do Pará (ACCPA), membro-fundador da Associação Brasileira de Críticos de Cinema (ABRACCINE) e membro da Academia Paraense de Ciências (APC). Doutor em Artes pelo PPGARTES/UFPA; Mestre em Artes pela UFPA. Professor de Cinema em várias instituições de ensino, coordenador-geral do Centro de Estudos Cinematográficos (CEC), crítico de cinema e pesquisador.

Oscar 2022 apresenta diversidades e bons filmes indicados

Marco Antonio Moreira

A 94ª edição do Oscar acontecerá neste domingo (dia 27/03) com diversas expectativas do público sobre indicados e favoritos ao maior prêmio do cinema americano. A tendência de incluir produções de canais de streaming como a Netflix entre os indicados ao Oscar se consolidou este ano com o filme Ataque dos Cães de Jane Campion que é um dos favoritos desta edição com 12 indicações em diversas categorias, incluindo melhor filme e direção. Outras produções concorrem com bom, número de indicações como Duna de Dennis Villeneauve (10), Belfast de Kenneth Branagh (7), Amor, Sublime Amor de Steven Spielberg (7), King Richard: Criando Campeãs (6), Drive My Car (4), Beco do Pesadelo (4) e Não Olhe Para Cima (4).

Cine News 2503

O favoritismo de Ataque dos Cães em categorias como melhor filme e direção pode gerar maior interesse do público para assistir este belo filme. A cineasta Jane Campion ratifica talento especial em dirigir um drama humano sensível e inteligente que avigora sua trajetória artística no cinema que conheço desde O Piano (1993). Campion se tornou a primeira mulher com duas indicações na categoria de direção da história do Oscar.

Além de Ataque dos Cães, outros filmes indicados merecem evidência como Licorice Pizza de Paul Thomas Anderson (diretor de Magnólia e Sangue Negro), Duna de Dennis Villeneauve (favorito aos principais prêmios técnicos em um belo trabalho de concepção visual que impressiona em diversas cenas do filme), o drama nostálgico político Belfast de Kenneth Branagh e a comédia/drama realista Não Olhe para Cima. Paul Thomas Anderson é dos melhores cineastas americanos e seus filmes sempre merecem atenção.

É imprescindível lembrar que a história do Oscar é repleta de surpresas e injustiças em muitas edições. Lembro-me, por exemplo, que a excelente atriz Fernanda Montenegro não ganhou o Oscar de melhor atriz por Central do Brasil (1998) e, absurdamente, o prêmio foi dado para Gwyneth Paltrow por Shakespeare Apaixonado. Em categorias como melhor direção é difícil entender como os mestres Alfred Hitchcock, Orson Welles, Stanley Kubrick e Federico Fellini, entre outros excelentes cineastas, nunca foram premiados. A lista de injustiças do Oscar é grande!

Este ano existe forte concorrência ao prêmio de melhor filme e produções como No Ritmo do Coração, Amor Sublime Amor e Não Olhe para Cima podem surpreender. Drive My Car, excelente filme japonês, é o favorito como melhor filme internacional em uma categoria que tem ótimo histórico de produções indicadas. A mudança de nome desta categoria (antes era melhor filme estrangeiro), provavelmente visa aprimorar as relações comercias e artísticas com os mercados internacionais de cinema.

Acompanho a tradicional cerimônia do Oscar há muitos anos e tenho intensas memórias de assistir a entrega dos prêmios pela televisão ao lado de minha família, especialmente meu pai, um cinéfilo e cinemaníaco inesquecível. No Oscar 2022, para uma cerimônia com menor tempo de duração com objetivo de conquistar maior audiência, o resultado de alguns prêmios como, por exemplo, melhor montagem e trilha musical, não serão transmitidas ao vivo. Lamento a exclusão desta e outras categorias tão importantes para a realização de um filme.

Apesar das diversas críticas que podem e devem ser feitas ao Oscar, certamente é apropriado observar que é o prêmio mais conhecido do cinema e, de algum modo, sua realização anual gera interesse e curiosidade em milhares de cinemaníacos. No anseio de que o mundo do cinema melhore cada vez mais o mundo real que vivemos escolhi cinco categorias para divulgar quais são os meus favoritos na premiação.

Desejo um feliz Oscar 2002 para todos!

Melhor filme

Belfast, Não olhe para cima, Duna, Licorice Pizza, Ataque dos Cães, No Ritmo do Coração, Drive my Car, King Richard Criando Campeãs, O Beco do Pesadelo, Amor Sublime amor. Favorito: Ataque dos Cães.

Melhor direção

Kenneth Branagh (Belfast), Hamaguchi Ryusuke (Drive my Car), Jane Campion (Ataque dos Cães), Steven Spielberg (Amor Sublime Amor), Paul Thomas Anderson (Licorice Pizza). Favorita: Jane Campion.

Melhor ator

Javier Bardem (Apresentando os Ricardos), Benedict Cumberbatch (Ataque dos Cães), Denzel Washington (A Tragédia de Macbeth), Andrew Garfield (Tick, tick... Boom!), Will Smith (King Richard: Criando Campeãs). Favorito: Denzel Washington.

Melhor atriz

Penélope Cruz (Mães Paralelas), Nicole Kidman (Apresentando os Ricardos), Jessica Chastain (Os Olhos de Tammy Faye), Olivia Colman (A Filha Perdida), Kristen Stewart (Spencer). Favorita: Penélope Cruz.

Melhor filme internacional

"Drive my Car" (Japão), Flee (Dinamarca), A Mão de Deus (Itália), A Pior Pessoa do Mundo (Noruega), A Felicidade das Pequenas Coisas (Butão). Favorito: Drive my Car.

Cine News
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS DE CINE NEWS