Carlos Ferreira

Jornalista, radialista e sociólogo. Começou a carreira em Castanhal (PA), em 1981, e fluiu para Belém no rádio, impresso e televisão, sempre na área esportiva. É autor do livro "Pisando na Bola", obra de irreverências casuais do jornalismo. Ganhador do prêmio Bola de Ouro (2004) pelo destaque no jornalismo esportivo brasileiro.

Veja o mapa do dinheiro neste Campeonato Paraense

Carlos Ferreira

Que cidades terão dias de magia neste Parazão?

Os acessos à Copa do Brasil e à Série D através dos campeonatos estaduais gerou uma disputa à parte por visibilidade no interior do Pará. Se Remo e Paysandu são dominantes na disputa pelo título, para os interioranos é especialmente importante a entrada na Copa do Brasil, com cota inicial de R$ 525 mil, e na Série D. Ano passado o Bragantino faturou R$ 2.600.000,00 em cotas por três fases na CB e foi mostrados para todo o país, pelo SporTV, jogos contra o Vila Nova-GO. Este ano o Braga estará novamente na Copa do Brasil e, junto com o Independente, na Série D.

A magia vivida pelo Bragantino nas últimas temporadas eleva a ambição dos demais interioranos deste Parazão. Isso é um campeonato à parte para Castanhal, Tapajós/Santarém, Itupiranga, Paragominas, Águia/Marabá, Independente/Tucuruí, como novamente para Bragança com o seu Tubarão e para o Carajás do Outeiro.

 

Por enquanto, só cabem impressões

É precipitação condenar ou consagrar qualquer jogador. Igor Quadrado, do Itupiranga, realmente impressionou na estreia, mas precisa confirmar o potencial ao longo do campeonato. Eduardo Ramos, do Remo, foi uma lástima, mas tem potencial para se recuperar, se quiser. Esses são apenas dois exemplos opostos numa temporada que nos reserva muitas surpresas, na gangorra de sempre.

Qualquer julgamento agora pode ser injusto, seja favorável ou contrário a esse ou aquele profissional, esse ou aquele time. Por enquanto, só cabem impressões.

 

BAIXINHAS

* Uiliam, 25 anos, novo atacante do Paysandu, é uma contratação que não empolga, mas passa segurança pelo que ele mostrou recentemente contra Leão e Papão a serviço do Sampaio Corrêa. Boa contratação! É mais um que vem da Ferroviária/SP, de onde também vieram  Gabriel Leite e PH, além de Higor Silva em 2019.

* Rafael Jensen, Vinícius Leite, Gustavo Ermel, Igor Quadrado.... Jogadores ambidestros são diferenciados. Mais ainda os que têm força incomum, como Jensen, ou driblam em velocidade, como Quadrado.

* Meia Dioguinho, 23 anos, destaque do Castanhal neste começo de temporada, é revelação do Izabelense. Ano passado o Paysandu chegou a fazer pre-contrato com ele, mas desistiu quando a informação vazou. Lecheva o levou para o Amazonas, onde se destacou. Agora, Dioguinho trata de mostrar o seu valor no Parazão, pelo Japiim.

* Só conheceremos em fevereiro a versão final  do projeto da Arena Mangueirão. A fase ainda é preliminar, com estudos, consultas e elaboração. Em seguida, a etapa de licitação. Só depois o início das obras. Grandes avanços prometidos, especialmente na praticidade para acesso e saída.

* Segunda rodada do Parazão vai ter no sábado Águia x Castanhal e Independente x Itupiranga. No domingo, Carajás x Remo e Tapajós x Paragominas. Na segunda, Paysandu x Bragantino.

* Leandro Cearense reencontra no Vila Nova de Minas Gerais os também ex-bicolores Augusto Recife, Roniery e Bruno Smith. LC foi o artilheiro da Segundinha paraense com sete gols, pelo Cametá.

Carlos Ferreira
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM COLUNAS E BLOGS