Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Carlos Ferreira

Jornalista, radialista e sociólogo. Começou a carreira em Castanhal (PA), em 1981, e fluiu para Belém no rádio, impresso e televisão, sempre na área esportiva. É autor do livro "Pisando na Bola", obra de irreverências casuais do jornalismo. Ganhador do prêmio Bola de Ouro (2004) pelo destaque no jornalismo esportivo brasileiro.

Remo e os riscos do bloco alto

Carlos Ferreira

A classificação à semifinal do Parazão está engatilhada. Vem mesmo que perca, hoje, para o Águia, até por um gol. O Remo é favoritaço para a vaga e para o jogo, mas o time marabaense tem a sua aposta: a exploração dos espaços atrás da linha de zaga remista.

O Remo joga com bloco alto. Linhas próximas, porém avançadas. O problema é que os zagueiros azulinos não têm velocidade nos lances de recuperação e não transmitem segurança na troca de passes. Apesar disso, Paulo Bonamigo mantém o modelo, já mirando a Série B, quando terá novas e melhores opções para a zaga.

Não foi por acaso que o Remo marcou 21 e tomou 10 gols em 9 jogos, até agora, neste campeonato. Médias de 2,3 gols a favor e 1,1 contra.

 

Itamar: surpresas de gente boa

Itamar Shulle já causou algumas surpresas em Belém com atitudes típicas de gente boa. Em Bragança ele foi além do que os colegas de trabalho poderiam imaginar. Na saída do Diogão, após o treino de sábado, só faltava o técnico no ônibus. Ele havia se juntado aos peladeiros que batiam bola na área externa do estádio. E lá ficou em meio a crianças e marmanjos. Depois, foi a pé, cerca de quatro quilômetros, até o hotel.

Aprovadíssimo como gente boa, Itamar Shulle ainda busca aprovação como técnico em Belém, embora seu histórico no futebol o referente muito bem.

 

BAIXINHAS

* Paulo Bonamigo superou Mazola Júnior em invencibilidade no LeãoAzul. Na temporada passada, Mazola chegou a 11 jogos sem derrota no Parazão e Série C. Bonamigo chegou a 12. Perdeu o último na decisão da Copa Verde, para o Brasiliense, em Brasília.

* O Papão construiu uma série de 24 jogos sem perder na Série C e Copa Verde, de 2 de junho a 14 de novembro de 2019, sob comando de Hélio dos Anjos. A invencibilidade foi quebrada pelo Cuiabá no último minuto da finalíssima da Copa Verde, em Belém.

* Remo x Tuna se desenhando para uma semifinal cheia de histórias. Série D/2022 engatilhada para a Tuna, que já pode mirar também a Copa do Brasil. Robson Melo em altíssima cotação no universo cruzmaltino.

* Indignação é o sentimento expressado no Águia contra a arbitragem de Joelson Cardoso, na derrota para o Remo, a ponto de o clube bancar o custo adicional de trio da Fifa, mais de 22 mil reais, para o jogo de hoje.

* Vinícius Kiss deve estrear hoje no Leão Azul. Seguramente, será muito útil nesta reta final do Parazão, na Copa do Brasil e mais ainda na Série B. Jogador de bons recursos técnicos e muito participativo.

* Cris Maranhense, do Bragantino, é o artilheiro deste Parazão com oito gols, mas Danrlei (Independente) e Canga (Castanhal) são outros dois centroavantes que se destacam no campeonato. Amanhã, estarão em ação no segundo duelo Galo Elétrico x Japiim.

* Remo vai fazer com Paulinho Curuá o  mesmo investimento de trabalho que foi feito em Dioguinho. É um jogador promissor! A ideia era a mesma na investida em Danrlei, mas o atacante do Independente está inclinado a tomar outro rumo. 

Carlos Ferreira
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM CARLOS FERREIRA