Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

CARLOS FERREIRA

Jornalista, radialista e sociólogo. Começou a carreira em Castanhal (PA), em 1981, e fluiu para Belém no rádio, impresso e televisão, sempre na área esportiva. É autor do livro "Pisando na Bola", obra de irreverências casuais do jornalismo. Ganhador do prêmio Bola de Ouro (2004) pelo destaque no jornalismo esportivo brasileiro. | ferreiraliberal@yahoo.com.br

Prudência é a palavra do dia para os bicolores

Carlos Ferreira

A rodada da Série C começou com o Paysandu exatamente no meio da tabela, com largas chances de entrada no G8 e risco de descida à zona vermelha. Independente de o cenário ter sido alterado pelos jogos de ontem, o Papão está por sua própria conta. Hoje, é vencer o Botafogo/SP na Curuzu e ficar confortável na tabela, ou não vencer e atrair pressão.

Obviamente, a torcida gostaria de ver o Papão com o mesmo ímpeto que teve na vitória sobre o Remo, na finalíssima do Parazão. Mas esse jogo, contra o Botafogo/SP, requer prudência, jogo tático. Imposição física sim, mas com organização e responsabilidade. É um jogo que promete completar as emoções dos bicolores neste Dia das Mães.

Jean Patrick em silenciosa preparação

O Remo começou a temporada investindo na recuperação clínica de Everton Sena e Marciel, que estão jogando desde o campeonato estadual. Para a Série C, o Leão Azul fez outra investida do tipo. Jean Patrick, meia, 29 anos, já completou um mês no clube, cumprindo uma recuperação silenciosa. O nome dele nem frequenta o noticiário e não foram criadas maiores expectativas pela estreia.

A torcida azulina não parece tão ligada no que Jean Patrick pode acrescentar ao time, mas trata-se de um atleta com grande potencial, já mostrado no Japão, no Vasco, na Ponte Preta, Vasco, Albirex Niigata-JAP, Ponte Preta, Fortaleza, Cuiabá, Sport Recife e no CRB.

BAIXINHAS

* Lucas Costa, Bruno Leonardo, Wesley, Alessandro Vinícius, Marcelinho e João Vieira, jogadores que vão sentir pela primeira vez o que é jogar na Curuzu sob incentivo e cobranças da torcida bicolor.

* Santareno João Diogo, atacante de 23 anos que passou apagado pelo Remo em 2020, está no elenco do Botafogo de Ribeirão Preto. Ele participou de apenas dois jogos do Leão. Depois passou pelo Manaus, URT e Caldense de Minas Gerais. No Botinha tem quatro jogos.

* Outro santareno em foco. O zagueiro Perema foi titularíssimo do Concórdia no campeonato catarinense (13 jogos) e mantém o mesmo destaque no Floresta/CE.

* No Paysandu, Perema já enfrentava forte rejeição, mas nenhum dos zagueiros que o Papão apresentou este ano o superou até agora. O Floresta de Perema joga hoje contra o Ypiranga/RS, às 11 horas, em Erechim.

* Quando foi flagrado jogando pelada, ano passado, Laílson ficou sem espaço no Remo. Emprestado do Esportivo/RS, deve ter elevado a consciência profissional. Este ano, Lailson, 24 anos, aproveitou bem as poucas oportunidades que teve e ganhou novo contrato, sob a perspectiva de ser útil nesta Série C.

* 4 de Julho x Castanhal, uma força do interior do Piauí contra uma força do interior do Pará, hoje, 16 horas, em Piripiri. Os dois times têm números semelhantes na Série D, com uma vitória, um empate e uma derrota. O Japiim está acima, porém, no saldo de gols. 

Carlos Ferreira
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM CARLOS FERREIRA