Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Carlos Ferreira

Jornalista, radialista e sociólogo. Começou a carreira em Castanhal (PA), em 1981, e fluiu para Belém no rádio, impresso e televisão, sempre na área esportiva. É autor do livro "Pisando na Bola", obra de irreverências casuais do jornalismo. Ganhador do prêmio Bola de Ouro (2004) pelo destaque no jornalismo esportivo brasileiro.

Parazão, a partir de agora é só no "mata mata"

Carlos Ferreira

Remo x Águia, Paysandu x Bragantino, Tuna x Itupiranga, Independente x Castanhal, em jogos de ida e volta, sábado, domingo, terça e quarta. A partir de agora o Parazão é assim, só no "mata mata". O campeonato torna-se mais emocionante.

Não só como protagonistas históricos, mas pelo fizeram na fase classificatória da competição, Leão e Papão levam largo favoritismo para a próxima fase. Tuna e Itupiranga vão fazer os confrontos dos opostos. O time tunante tem a maior artilharia do campeonato (20 gols), mas tomou 13 gols. O Itupiranga tem a pior artilharia (quatro gols), mas é o time menos vazado. Tomou apenas cinco gols nos oito jogos. O outro duelo tem a rivalidade interiorana de Castanhal e Independente.

Criss Maranhense, artilheiro com oito gols

Com o gol que fez contra a Tuna, o atacante Cris  Maranhense, do Bragantino, foi a oito e abriu dois de vantagem na artilharia sobre Dioguinho do Remo e Paulo Rangel da Tuna, e três gols sobre o bicolor Nicolas, que não jogou ontem. 

Dos seus oito gols, Cris Maranhense fez sete nos últimos três jogos, contra Paragominas, Tapajós e Tuna. É o jogador de momento mais iluminado para as quartas de final. Não mais porque o Braga parece estar em queda de rendimento e vai encarar o ascendente Paysandu.

BAIXINHAS

* Se os favoritos Remo e Paysandu passarem por Águia e Bragantino, os outros dois confrontos (Tuna x Itupiranga e Independente x Castanhal) já vão valer acesso à Série D de 2022.

* Nos cartões amarelos, prejuízo do Águia. O time marabense perdeu o atacente Dé, destaque do time, por suspensão, para o jogo de Marabá, contra o Remo. Os amarelos foram zerados para a próxima fase, menos para quem recebeu o terceiro.

* Quem tanto esperou pela estreia do volante Bruno Paulista no Papão, viu  e admirou os meninos Flávio, Yuri e Riquelton, três frutos da base que se destacaram contra o Águia. E o Papão completou quatro jogos sem ser vazado.

* Ao defender pênalti no finalzinho do jogo, em Paragominas, o goleiro Vinícius quebrou a sequência de cinco jogos em que o Remo não conseguia sair de campo sem tomar gol. O último tinha sido na vitória de 2 x 0 sobre o Esportivo em Bento Gonçalves.

* A entrada de Thiago Ennes na saída de Marlon, ontem, foi uma senha de que Felipe Borges não conseguiu conquistar espaço no Remo. O atleta está cedido pelo Juventude até o fim do Parazão e não deve ficar para a Série B. ?

* Atacante Hélio Borges, ex-Remo, é titular do Azuriz no campeonato paranaense. O lateral Ricardo Luz, também ex-azulino, é reserva de Felipe Rodrigues no Novorizontino, no campeonato paulista.

Carlos Ferreira
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM CARLOS FERREIRA