Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Carlos Ferreira

Jornalista, radialista e sociólogo. Começou a carreira em Castanhal (PA), em 1981, e fluiu para Belém no rádio, impresso e televisão, sempre na área esportiva. É autor do livro "Pisando na Bola", obra de irreverências casuais do jornalismo. Ganhador do prêmio Bola de Ouro (2004) pelo destaque no jornalismo esportivo brasileiro.

Papão, gordura e magreza

Carlos Ferreira

Na pontuação, gordura para a classificação. No desempenho, magreza que perturba. Cobrado, o solícito Itamar Shulle já expressa irritação nas entrevistas. Os bicolores, mais do que nunca, precisam de serenidade para conviver com as cobranças, enquanto o time não engrena.

Hoje, em Tucuruí, um adversário que se impõe pela competência tática. Não por acaso, o Independente tem a segunda melhor campanha no Parazão, abaixo do Remo e acima do Paysandu. O jogo deve desafiar a superação dos bicolores. Quebrar a invencibilidade do Galo Elétrico poderia ser um salto na tão cobrada evolução do time bicolor.

Leão conforme o vento

Diferentes níveis de concentração do time remista contra Paysandu e CSA para o que mostrou contra Independente e Águia. Isso é natural, mas precisa de controle. Se ligar mais ou menos conforme o apelo do jogo é como seguir conforme o vento. É dar sopa para o azar.

Amanhã o Remo vai encarar o Castanhal, que ainda não rendeu o que é capaz. O Japiim está em busca da confiança que parece sobrar no Leão. Um jogo para foco, até porque o Parazão será a única competição até a decisão do título, às vésperas da Série B e da terceira fase da Copa do Brasil.

BAIXINHAS

* Aos 33 anos, rodado em 17 clubes do Maranhão, Tocantins, Goiás e Piauí, Cris Maranhense vive no Bragantino os seus melhores dias no futebol. Chamou atenção ao fazer gol no Remo e virou artilheiro do Parazão (seis gols) ao fazer quatro no Paragoninas. Foi o "cara" da sexta rodada!

* Wanderlan, 32anos, castanhalense, é o andarilho do ano no futebol brasileiro. Ele encerrou a temporada 2020 no Moto Club, já com transfência acertada para o Penarol. Antes de chegar ao clube amazonense, passou pelo Castanhal e pelo Tapajós e saiu de ambos sem estrear. Depois de sete jogos e um gol pelo Penarol, já é do Paragominas.

* Nesta temporada, em sete jogos, o Paysandu já utilizou 23 jogadores, jogando em diversas formatações. São dados do "laboratório" de Itamar Shulle, que segue experimentando peças e alternativas táticas, buscando soluções. Dos novatos, só Laércio e Bruno Paulista ainda não estrearam.

* Hoje o Papão joga sem Rui e Gabriel Barbosa, que nem viajaram. Mas o grande desfalque é do Independente. O artilheiro Danrlei está com lesão muscular e vai ficar duas ou três semanas sob cuidados médicos.

* Sexta-feira, 14 horas, o sorteio dos confrontos na Copa do Brasil, com o Remo entre os 32 classificados. Dos 16 possíveis adversários, a Chapecoense é o único time que o Leão Azul ainda não enfrentou. 

Carlos Ferreira
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM CARLOS FERREIRA