Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

CARLOS FERREIRA

Jornalista, radialista e sociólogo. Começou a carreira em Castanhal (PA), em 1981, e fluiu para Belém no rádio, impresso e televisão, sempre na área esportiva. É autor do livro "Pisando na Bola", obra de irreverências casuais do jornalismo. Ganhador do prêmio Bola de Ouro (2004) pelo destaque no jornalismo esportivo brasileiro. | ferreiraliberal@yahoo.com.br

O melhor casamento de resultados para o Papão

Carlos Ferreira

O ABC lidera o grupo com seis pontos, Figueirense e Vitória têm três e Paysandu zero. O casamento de uma vitória do Papão sobre o Figueirense, amanhã, em Florianópolis, com uma vitória do ABC sobre o Vitória, domingo, em Salvador, seria perfeito para os bicolores. O ABC dispararia, mas os outros três ficariam empatados, com o Papão tendo dois jogos em casa nas três últimas rodadas.

A hipótese ideal depende de vitórias dos dois mandantes neste fim de semana. Mas, independente do jogo de Salvador, o Paysandu precisa da vitória para se manter habilitado na disputa. O time bicolor não vem transmitindo confiança, mas também não elimina a esperança. É inegável que o Figueirense tem sua cota de favoritismo.

Como será o recomeço de Vinícius?

Com 220 jogos, três títulos estaduais, uma Copa Verde e um acesso no campeonato brasileiro, Vinícius vive incertezas no Remo. Terminou a temporada na reserva, apontado como um dos vilões do fracasso do time na Série C. Como o goleiro azulino vai recomeçar, depois dessas férias prolongadas?

Pelo histórico glorioso, Vinícius tem cartaz para merecer a titularidade de volta. Mas a confirmação da permanência de Zé Carlos suscita uma questão de justiça, e Zé Carlos está na vez para seguir titular. A tendência é que Vinícius precise suar a camisa nos treinos, conciliando o futebol com as atividades de vereador, e ter paciência para esperar uma oportunidade. Enquanto isso, pode ter redução de salário, conforme aceno do clube.

BAIXINHAS

* Volante Pingo e o meia Pedro Sena na Segundinha pelo Santa Rosa, do técnico Rogério Belém, emprestados pelo Leão Azul. É importante os jovens atletas jogarem, mas o Remo precisa ficar atento ao trabalho e à conduta deles dentro e fora de campo durante esse empréstimo.

* Confirmação de Robinho no jogo de amanhã é importante para o Paysandu. O atacante cearense subiu de cotação durante o campeonato e virou peça destacada no jogo pelos lados de campo. Robinho era dúvida por ter saído lesionado no intervalo do jogo contra o ABC.

* Ensaio de reação conjunta dos clubes que desistiram da Copa Verde, inclusive o Remo, não vem tendo aprovação. A intenção é pressionar a CBF para só realizar esta CV em janeiro. A competição foi anunciada para 25 de outubro a 15 de novembro.

* Figueirense com força máxima contra o Papão, amanhã: Wilson; Muriel, Kadu, Maurício e Zé Mário; Oberdan, Rodrigo Bassani e Léo Artur; Jean Silva, Tito e Andrew. No Paysandu Mikael volta e Dalberto é o único desfalque.

* Ação na Justiça contra o Leão Azul em cobrança de direitos de arena. A cobrança é em favor dos atletas que defenderam o clube na Série B de 2003. Valor à época: R$ 260 mil. O Remo chegou a fazer acordo e pagar uma parcela.

* Léo Arthur, meia do Figueirense, era apenas Léo no Paysandu de 2015. Fez seis jogos e um gol pelo Papão, cedido pelo Corinthians. No Figueirense, já maduro, 27 anos, tem 25 jogos e cinco gols. 

 
Carlos Ferreira
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM CARLOS FERREIRA