Carlos Ferreira

Jornalista, radialista e sociólogo. Começou a carreira em Castanhal (PA), em 1981, e fluiu para Belém no rádio, impresso e televisão, sempre na área esportiva. É autor do livro "Pisando na Bola", obra de irreverências casuais do jornalismo. Ganhador do prêmio Bola de Ouro (2004) pelo destaque no jornalismo esportivo brasileiro.

Eduardo Ramos terá privilégio no novo sistema tático do Remo

Carlos Ferreira

O Remo pós-quarentena será um time com três volantes, num formato de losango. O novo esquema vai privilegiar Eduardo Ramos com menores obrigações na marcação. Pelo menos, Mazola Júnior vai testar o time nessa nova proposta, com um volante central e dois pelos lados, funcionando como "laterais por dentro". 

Foi por essa intenção que Mazola fez questão de mais um volante canhoto. Só tinha Laílson. Agora tem Júlio Rusch. Como volantes destros tem Djalma e Pingo e centrais Charles, Xaves e  Warley. E como alternativa a Eduardo Ramos o Remo tem Douglas Packer e Carlos Alberto. A linha de defesa ganha os laterais Everton e Dudu Mandai, o ataque ganha Zé Carlos. 


Papão com dois ou com três volantes? 

Uchoa, PH e Serginho são titulares no time de Hélio dos Anjos. Os três são volantes de origem, mas o técnico bicolor jura que Serginho faz funções de meia, embora pouco apareça nas ações de ataque. Um meia defensivo, digamos!

O fato é que o Papão tem consistência defensiva com o trio e muita força no ataque. Necessita de articulador, embora Vinícius Leite venha fazendo razoável papel como meia. Enfim, longe de ser envolvente na desenvoltura tática, o time bicolor é imponente na sua bravura. Depende muito do rendimento fisico, mas terá tempo suficiente para se aprimorar sob comando de André Ferreira e chegar aos jogos decisivos em alta competitividade. 

BAIXINHAS 

* Cabe o centroavante Zé Carlos num time que já vai privilegiar Eduardo Ramos com menores obrigações na marcação? Me faço essa pergunta e lembro que para a Série C o Remo está contratando outro centroavante, com dinâmica e resistência para a primeira linha de marcação. 

* Isso indica que o rodado Zé Carlos vem como opção para meio de jogo, como goleador que é. Se é isso mesmo, Giovane e Wállace terão suas chances para conquista de espaço, ao lado de Gustavo Ermel ou de Hélio Borges.
 
* Alguns atletas do Paysandu já passam a fazer trabalhos individuais na Curuzu. Na segunda-feira começam as atividades em grupos. À medida que as autoridades sanitárias forem autorizando, o Papão e todos os times vão avançar nas etapas, até que todos possam treinar ao mesmo tempo. 

* Paragominas x Paysandu, Remo x Águia, Castanhal x Tapajós, Itupiranga x Carajás, Bragantino x Independente. Serão esses os jogos do recomeço do Parazão 2020, todos em Belém, provavelmente em agosto, sob as devidas prevenções à pandemia, inclusive sem público.  

* Clubes e Federação conhecem hoje o projeto da reforma do Mangueirão, em apresentação oficial anunciada pelo governador Helder Barbalho. Antes da pandemia, a expectativa criada era de transformação do estádio em arena, com arquibancadas do chão até o anel atual, em dois anos de obras.

Carlos Ferreira
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!