Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Vídeo inédito mostra encontro de Bruno Pereira e ‘Pelado’ no Vale do Javari

Nas imagens, o suspeito no desaparecimento do indigenista e do jornalista inglês Dom Phillips é alertado sobre a pesca na área

O Liberal

Começou a circular nas redes sociais, nesta terça-feira (14), um vídeo que mostra Amarildo Costa de Oliveira, conhecido como Pelado, sendo alertado por uma equipe da Fundação Nacional do Índio (Funai), que tinha Bruno Pereira entre seus integrantes, sobre a pesca no Vale do Javari. Amarildo foi o primeiro suspeito preso durante a investigações sobre o desaparecimento de Pereira e do jornalista inglês Dom Phillips, na mesma região onde as imagens foram gravadas. As informações são da Revista Fórum.

O vídeo, gravado pelo cinegrafista francês Jules Guepratte em parceria com a jornalista brasileira Mokika Kiev meses antes do desaparecimento dos dois, foi divulgado pela rede Al Jazeera e replicado nas redes pelo perfil Headline.

Assista:

Durante a abordagem da equipe da Funai, ‘Pelado’ é alertado sobre a proximidade da embarcação na Terra Indígena do Vale do Javari, mas ele hostiliza os agentes. "Essa área aqui é zona de pesca. Tu sabes disso. Essa área toda aqui é da comunidade. Não tem nada a ver com indígena, não. Vai tomar teu rumo aí", responde o suspeito.

As imagens foram feitas no Rio Taquari, onde Bruno e Dom desapareceram.

A jornalista Monica Kiev, que esteve com Bruno Pereira na região, considera o desaparecimento do indigenista uma perda enorme para o Brasil e os povos da região.

VEJA MAIS

Desaparecidos na Amazônia: Polícia Federal prende novo suspeito e recolhe materiais
O suspeito foi interrogado, enquanto o remo e cartuchos de arma de fogo vão para análise. O jornalista inglês Dom Phillips e do indigenista Bruno Araújo Pereira, no Amazonas (AM) sumiram na semana passada.

Cartéis de drogas de Miami, Medellín e Sinaloa atuam em área onde Bruno e Phillips desapareceram
Grupos criminosos estão em plena atividade pelos rios, florestas e cidades da tríplice fronteira com a Colômbia e o Peru

Desaparecidos na Amazônia: Polícia Federal prende novo suspeito e recolhe materiais
O suspeito foi interrogado, enquanto o remo e cartuchos de arma de fogo vão para análise. O jornalista inglês Dom Phillips e do indigenista Bruno Araújo Pereira, no Amazonas (AM) sumiram na semana passada.

"Eu acho que, para os povos indígenas, perder uma pessoa como o Bruno é uma perda enorme. É uma perda enorme porque ele era um líder também. Ele era apaixonado por essa causa. Era uma ponte entre esses povos indígenas, jornalistas e tinha muitos conhecidos. Enfim, era uma pessoa que sabia como mostrar ao mundo o que está acontecendo", declarou à Headline.

Amarildo foi preso no dia 7 de junho e nega envolvimento no caso. Testemunhas ouvidas pelas autoridades policiais disseram que viram o suspeito ameaçando Bruno Araújo Pereira. Ele também foi visto em uma lancha, navegando logo atrás da embarcação de Bruno e Dom.

Nesta terça-feira (14), a Polícia Federal informou que prendeu um segundo suspeito de ter participação no desaparecimento: Oseney da Costa Oliveira, de 41 anos, conhecido na região como Dos Santos. As circunstâncias da prisão e a natureza das acusações que pesam contra Oseney ainda não foram detalhadas.

Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BRASIL

MAIS LIDAS EM BRASIL