Vereador é sequestrado e torturado para abandonar campanha

Anderson Santana de Oliveira, do PDT, já havia recebido uma ameaça na câmara de vereadores por meio de um bilhete anônimo

Redação Integrada

Um vereador de Alto Paraíso, em Rondônia, foi vítima de um sequestro e de tortura na madrugada do último sábado (7). Anderson Santana de Oliveira, de 38 anos, foi interceptado por quatro homens após sair de uma reunião. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil de Rondônia.

De acordo com o boletim de ocorrência, o vereador contou que havia saído de uma reunião e estava indo de motocicleta buscar o filho na casa de um amigo. No meio do percurso, ele foi bloqueado por uma caminhonete, de onde saíram quatro homens, que colocaram um capuz em sua cabeça e o colocaram dentro do veículo.

Anderson Santana de Oliveira foi sequestrado e torturado (Reprodução)

A vítima relatou aos policiais que os envolvidos gritavam palavras de ordem, para ele abandonasse o apoio à campanha do candidato a prefeito Marcos Froes, do PP. Anderson foi agredido com chutes, pontapés e golpes na cabeça. Dias antes, ele havia recebido uma ameçada na câmara dos vereadores por meio de um bilhete anônimo. Após o momento de tortura, o homem foi deixado próximo ao cemitério municipal, onde foi socorrido por moradores e levado ao hospital municipal.

De acordo com a recepcionista da Câmara de Vereadores de Alto Paraíso, Daiane Cristina da Silva, o estado de saúde do político é estável, mas ele ainda está com muitos hematomas pelo corpo. Mesmo após as ameaças, Anderson Oliveira não planeja abandar o pleito de 2020, informou ainda Daiane.

Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BRASIL

MAIS LIDAS EM BRASIL