Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Transexual é assassinada a sangue frio por motorista no meio da rua

Ainda não se sabe o que motivou o crime, mas a polícia está investigando o caso

O Liberal

Um crime cuja motivação ainda não se conhece ao certo chocou a população de Londrina, no Paraná, pela frieza com que foi praticado. A vítima foi uma transexual de 26 anos. O caso ocorreu na noite da última quarta-feira (30), na rua Cabo Verde. O acusado fugiu do local e foi perseguido pela polícia, mas acabou sendo morto após entrar em confronto com os militares.

Imagens de uma câmera de segurança registrram o momento em que tudo aconteceu. Uma caminhonete para na via e chama a vítima, que surge do outro lado da rua. Sem desconfiar de nada, ela atravessa e vai em direção ao carro, chegando a se abaixar para falar com o motorista. 

Porém, antes mesmo de haver qualquer diálogo entre os dois, o acusado dispara várias vezes contra a vítima, que mesmo atingida corre de volta para o local de onde havia saído na tentativa de pedir ajuda, enquanto o motorista foge em alta velocidade. Todavia, ela não resistiu aos ferimentos e acabou morrendo.

Durante a fuga, a caminhonete foi localizada por uma equipe do Batalhão de Choque da PM, que ainda tentou fazer o condutor parar, mas ele acelerou, dando início a uma perseguição. Próximo da Ceasa, o criminoso perdeu o controle da direção e bateu. Mesmo assim, ele ainda conseguiu sair do veículo e passou a atirar contra os policiais, que revidaram. O sacusado foi atingido e morreu no local.

O caso está sendo investigado.

Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BRASIL

MAIS LIDAS EM BRASIL