Repórter quase é esfaqueado ao vivo enquanto fazia matéria

Com um facão, um homem tentou atingir outro e quase acerta o jornalista

Redação Integrada com informações de NaTelinha

Eduardo Moura é repórter de uma rede de TV do Recife e escapou de ser esfaqueado enquanto gravava uma matéria na última quarta-feira (4), em uma estação de metrô da capital pernambucana. Com um facão, um homem tentou atingir outro e quase acerta o repórter.

Cerca de 40 pessoas saíram correndo de um vagão para agredir um jovem, identificado como Daniel, de 19 anos, que se aproximou da equipe de reportagem para se proteger, e acabou sobrando para o repórter. O motivo do tumulto não ficou claro.

"Estou há 19 anos na TV e, no jornalismo policial, você sempre tem esse tipo de situação, mas não neste tipo de reportagem. Aqui no Recife, o metrô é ponto de encontro das torcidas, mas o caso de hoje foi incomum porque não tinha jogo acontecendo. Eu comecei a narrar e chegou um momento que tive que começar a me defender", conta Eduardo.

Em meio à confusão, um rapaz tentou furtar Daniel, o homem que tentou se proteger junto à reportagem. Uma outra pessoa, identificada como Leandro Silva, de 29 anos, foi para cima de Daniel tentando acertá-lo com um facão, quase acertando o repórter.

"Ele tentou atacar o rapaz, mas quase esfaqueou a gente. O facão passou muito próximo a mim e ao chefe de segurança", relatou o jornalista.

Os seguranças chegaram pouco tempo depois e conseguiram conter o tumulto, levando o autor da tentativa de esfaqueamento para a Central de Plantões da Capital (Ceplac).

Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!