Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Professor se aproveitava de famílias vulneráveis para abusar de crianças

Crimes ocorreram em meados de 2020, mas, somente este ano o suspeito foi preso

O Liberal

Um professor de 72 anos foi preso na última quarta-feira (9), suspeito de estuprar duas crianças, de 7 e 9 anos, em troca de ajuda financeira à família das vítimas. O caso ocorreu no ano passado, em Itapiranga, localidade distante 227 quilômetros de Manaus (AM), mas só este ano foi expedido o mandado de prisão preventiva contra o acusado. O caso foi notícia no portal Manaus Alerta. 

Aldiney Nogueira, delegado titular da 38ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP), informou que a detenção ocorreu na casa do acusado, na zona urbana do município. De acordo com as informações apuradas, o suspeito costumava ter como alvos preferenciais famílias em situação de vulnerabilidade social. 

Ele ganhava a confiança dos familiares ajudando-os financeiramente com cestas básicas e, assim, conseguia chegar nas vítimas, as crianças, às quais atraía com a oferta de brinquedos, bicicletas e até celulares. De acordo com a polícia, o acusado já vinha agindo desta forma há cerca de 30 anos.  

Depois que se tornava íntimo da família, o professor levava as crianças para a sua casa e lá praticava os abusos sexuais. Entre fevereiro e novembro de 2020, ele teria abusado reiteradamente de dois irmãos, obrigando-os a consumir conteúdo pornográfico e praticar o que viam com ele. 

“O conselho tutelar conseguiu localizar as duas crianças, que à época do crime chegaram a morar com ele, mas agora residem em outro município. Após o exame de corpo de delito e a coleta de depoimentos, os abusos foram constatados”, informou o delegado.

O acusado irá responder pelo crime de estupro de vulnerável.

Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BRASIL

MAIS LIDAS EM BRASIL