Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Polícia identifica homem que encostou o pênis em grávida; suspeito já ejaculou em outra mulher

Suspeito tem 36 anos, é casado, formado em engenharia e vem de uma família de classe média

Redação Integrada, com informações do G1

A Polícia Civil de Minas Gerais identificou o suspeito de encostar o pênis em uma grávida de oito meses dentro de uma loja de uma cidade do interior. Na terça (11), a delegada do caso afirmou que ele já foi denunciado após ejacular em uma mulher dentro de uma papelaria em 2019. O homem ainda não foi preso.

No último domingo (9), câmeras de segurança flagraram o momento em que ele passa perto de algumas mulheres usando um organizador de talheres para tentar esconder o órgão sexual, que está para fora da calça. Em seguida, ele se aproxima da gestante e fica atrás dela.

“Desde o primeiro momento, quando vimos as imagens, já desconfiamos que seria aquele antigo autor que nós tivemos, que se masturbou em uma moça em uma papelaria no Centro da cidade, porque tinha o mesmo modus operandi e as mesmas características físicas. Comparando os dois vídeos, a gente vê muitas semelhanças físicas”, afirmou a delegada Karine Maia.

A delegada afirma que uma pessoa ligou na delegacia e afirmou ser parente da homem que aparece no vídeo. O denunciante forneceu um nome, que é o mesmo do suspeito identificado pela polícia. Ele ainda contou que o homem saiu da cidade após a repercussão do caso.

De acordo com Karine Maia, o suspeito é casado, formado em engenharia e vem de uma família de classe média. Ele tem 36 anos.

Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BRASIL

MAIS LIDAS EM BRASIL