Plataforma de entrega de comida expulsa usuário que humilhou entregador

O pronunciamento nas redes sociais recebeu mais de 29 mil curtidas

Redação Integrada

Após a divulgação do caso de racismo envolvendo um homem branco e um motoboy negro que entregava comida, a plataforma iFood se posicionou contra o racismo, afirmando que descadastrou o usuário agressor e que vai oferecer apoio jurídico a Mateus Pires, vítima do crime racial.

O pronunciamento foi publicado no Twitter, na sexta-feira, 7. O tuíte principal recebeu mais de 29 mil curtidas. Entre as respostas, usuários parabenizam a plataforma e cobram justiça pelo entregador.

Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM BRASIL