Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Ômicron XE: Confirmado o primeiro caso da nova variante no Brasil

A nova cepa foi detectada em um homem de 39 anos que mora em São Paulo

Luciana Carvalho

O Brasil registrou o primeiro caso de Covid-19 provocada pela subvariante Ômicron XE, potencialmente mais transmissível que outras da mesma cepa. As informações são do portal Exame e O Globo.

VEJA MAIS

Nova variante da Covid-19, ômicron XE pode ser a mais contagiosa já vista e preocupa autoridades
Ela foi detectada pela primeira vez no Reino Unido

Evandro Chagas recruta voluntários para pesquisa com vacinas contra a Covid-19
Os imunizantes já estão em uso no País e o Instituto quer analisar a eficácia de doses de reforço

O jornal O Globo teve acesso com exclusividade ao laudo que mostra que o paciente é um homem de 39 anos, que mora em São Paulo. O Instituto Butantan fez a identificação da sublinhagem a partir do sequenciamento genômico.

De acordo com o laudo, a amostra foi coletada no dia 7 de março e o caso é importado de outro país, com “provável origem” da África do Sul.

Procurados pela publicação, o Butantan e o Ministério da Saúde não responderam até a publicação do texto.

O que é a subvariante Ômicron XE?

Detectada pela primeira vez no Reino Unido em 19 de janeiro, a variante XE é uma cepa recombinante que mistura os materiais genéticos da BA.1 (Ômicron) e a BA.2, subvariante da Ômicron.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que ela pode ser cerca de 10% mais transmissível do que a BA.2. Porém, ainda é necessário descobrir se ela é mais contagiosa ou se provoca sintomas mais graves.

Ao todo, mais de 700 casos foram registrados no Reino Unido entre 19 de janeiro e 22 de março.

(Luciana Carvalho, estagiária, sob supervisão de Keila Ferreira, Coordenadora do Núcleo de Política.)

Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BRASIL

MAIS LIDAS EM BRASIL