Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Motorista de app fingiu estar morta duas vezes para sobreviver a assalto e espancamento de ladrões

Os suspeitos foram encontrados na cidade e um deles foi preso. O caso é investigado pela Polícia Civil

O Liberal

Uma motorista de transporte por aplicativo viveu cenas de horror no último sábado (24), durante uma corrida de carro, ao ser brutalmente agredida por assaltantes e jogada pelos suspeitos de cima de uma ponte, no Rio Sepotuba, em Tangará da Serra (MT). As informações são do G1 Mato Grosso. 

Em entrevista ao portal, Marcia Angola, de 40 anos, contou que os quatro rapazes pediram a corrida pelo aplicativo. Mas, só vieram anunciar o assalto em um segundo momento, quando afirmaram não existir a busca de um quinto passageiro.  

Após perceber que estava em um assalto, a mulher foi jogada no banco traseiro do veículo e ameaçada pelos ladrões. Eles queriam o carro dela e dinheiro, porém, Márcia só tinha o valor em espécie que estava no carro. 

“Ele viu que eu estava viva e os outros disseram: ‘vamos matar, aperta o pescoço dela’. Em momento nenhum disseram o motivo [das agressões]. Em certo momento riram da minha cara inchada e machucada”, contou. 

Márcia, que teve que fingir estar morta duas vezes para tentar salvar sua vida, foi levada à uma ponte e jogada do local, mesmo sem saber nadar. “Quando eu caí, só lembro que pedi a Deus para que eu caísse na água, porque se caísse na terra eu tinha morrido. Eu afundei quando voltei a superfície eu vi que eles estavam olhando. Eu continuei quieta e afundei de novo, deixei a água me levar rio abaixo, fui tentando me equilibrar, meio que boiando, pois não sabia nadar e não podia ir para o fundo”, continuou, contando que os ladrões foram embora do local. 

A motorista conseguiu sair da água e pedir socorro aos moradores das proximidades. Os suspeitos foram encontrados na cidade e um deles foi preso. O caso é investigado pela Polícia Civil de Mato Grosso.

Palavras-chave

Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BRASIL

MAIS LIDAS EM BRASIL