Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Morre autor de meme ‘me dê papai’, que viralizou nas redes sociais em 2015

O cearense foi vítima de um mal súbito quando estava andando na rua

Maiza Santos

Faleceu no último domingo (03), aos 56 anos, o cearense José Iatami Alves Bezerra, que viralizou em 2015 com o meme "me dê papai". Ele passou mal e morreu quando estava andando em uma rua do município de Tauá, a 347 quilômetros de Fortaleza.

VEJA MAIS

'Taca-le pau nesse carrinho': primos recriam meme do 'Marco Véio' 8 anos após cena viralizar
Jovens ficaram conhecidos nacionalmente após postarem um vídeo de uma brincadeira na fazenda da avó, em Taió, em 2014, quando tinham 12 e 9 anos de idade

Gretchen dança Conga com o homem do meme 'rindo de nervoso': 'Donos da internet juntos'
A rainha dos memes teve um encontro de milhões com o húngaro do 'rindo de nervoso'

Gato Januário, que viralizou pelo meme ‘opa, não é bolo’, morre no Ceará
O felin morreu 'de velhice' e causas naturais. O tutor de Januário agradeceu o carinho da web nas redes sociais

José Iatami, popularmente chamado de “Zé Iaiá”, teve um mal súbito e foi ajudado por pessoas que estavam na área. Ele chegou a ser socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), mas quando a equipe chegou ao local, ele já estava morto. Segundo os profissionais, ele teve uma parada cardíaca.

Relembre o meme:

A Polícia Militar também esteve no local para averiguar a situação. Um procedimento sobre a morte de Zé Iaiá foi registrado na Delegacia Regional de Tauá.

(Estagiária Maiza Santos, sob supervisão da editora Web de OLiberal.com, Ana Carolina Matos)

Palavras-chave

Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BRASIL

MAIS LIDAS EM BRASIL