Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Ministro anuncia fim da emergência de saúde pública por conta da Covid-19; vídeo

Medida foi anunciada na noite deste domingo (17) pelo ministro Marcelo Queiroga

O Liberal

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, anunciou na noite deste domingo (17), o fim da emergência em saúde pública por conta da Covid-19 no Brasil. Em pronunciamento, o ministro detalhou as ações do governo ao longo da pandemia e garantiu que já existem condições para tal medida.

"Temos condição de anunciar o fim da Emergência de Saúde Pública de Importância Nacional (ESPIN). Nos próximos dias, será editado um ato normativo disciplinando essa decisão. Essa medida, no entanto, não significa o fim da Covid-19. Continuaremos a conviver com o vírus. O Ministério da Saúde permanece vigilante e preparado para adotar todas as ações necessárias para garantir a saúde dos brasileiros", disse.

VEJA MAIS

Saúde estuda rebaixar de pandemia para endemia situação da Covid-19 no Brasil, diz Bolsonaro Caso o rebaixamento de fato ocorra, a doença provocada pelo coronavírus deixará de ser vista como uma emergência de saúde

Uso de máscara no trabalho pode ser flexibilizado pelo governo Portaria interministerial com regras será publicada em breve, diz Marcelo Queiroga

Queiroga falou ainda que o governo seguirá apoiando a população no processo de vacinação contra o novo coronavírus. O ministro destacou que mais de 73% da população já completou o quadro vacinal considerado seguro.

"O Brasil realiza a maior campanha de vacinação de sua história. Mais de 476 milhões de doses de vacina foram distribuídas, todas adquiridas pelo Ministério da Saúde. Hoje, mais de 73% da população brasileira completou o esquema vacinal", reforçou.

Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BRASIL

MAIS LIDAS EM BRASIL