Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Ministério da Justiça disponibiliza canal de denúncia para ligações indesejadas de telemarketing

O serviço começou a funcionar na última quarta-feira (20) e as denúncias são enviadas através de formulário digital; as infomações são coletadas e analisadas pela Senacon e depois enviadas ao Procon

Gabriel Mansur

O Ministério da Justiça iniciou um serviço de denúncia de ligações indesejadas de telemarketing na última quarta-feira (20). Conhecido como “spam telefônico”, o valor da multa diária para as empresas que descumprem as regras é de R$ 1 mil, e pode totalizar R$ 13 milhões

VEJA MAIS

Empresas de telemarketing devem bloquear ligações de robôs
Chamadas massivas e com curta duração estão proibidas a partir de segunda-feira, 6

Ministro da Justiça suspende serviços de quase 200 empresas de Telemarketing
Multa pode chegar a R$13 milhões

Como fazer uma denúncia de “spam telefônico”? 

Para realizar uma denúncia através do canal disponibilizado pelo Ministério da Justiça, basta acessar o formulário “Atenda, Identifique e Denuncie - Telemarketing Abusivo”. Devem ser disponibilizadas informações como nome, estado e dados a respeito da relação entre o denunciante e a empresa que faz as ligações

Combate a ligações abusivas

O canal serve como uma ferramenta de combate às ligações abusivas que oferecem produtos e serviços sem autorização prévia dos clientes. As informações são coletadas e analisadas pela Secretaria Nacional do Consumidor e encaminhadas para o Procon (Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor).

(Estagiário Gabriel Mansur, sob supervisão do editor executivo de OLiberal.com, Carlos Fellip)

Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BRASIL

MAIS LIDAS EM BRASIL