Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Médica que fez postagem xingando pacientes pede desculpas: 'Momento de estresse e cansaço'

A profissional enviou um pedido de desculpas onde alega que as postagem foram feitas em momentos de tensão

Paula Figueiredo

Após virar alvo de investigação do Conselho Regional de Medicina do Paraná (CRM-PR) e ser afastada de uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da cidade de Almirante Tamandaré (PR) por fazer postagens ofensivas a pacientes no Twitter, a médica Mariana Lima Alves enviou um pedido de desculpas ao portal G1, na noite de terça-feira (24), reconhecendo o erro e declarando que os posts foram feitos em um momento de estresse e cansaço.

VEJA MAIS

Médica que reclamou de pacientes que procuram UPA de madrugada é investigada
O CRM-PR em nota explicou que uma sindicância foi aberta para apurar o caso; Os comentários da médica viralizaram no Twitter após uma pessoa ironizar a publicação; Mariana Lima tem o registro há menos de um ano

Bebê sofre traumatismo craniano após cair de cabeça durante o parto
Mãe aponta negligência médica; polícia investiga o caso

"Reconheço ter errado, especialmente pela forma como escrevi as mensagens, mas ressalto que a forma de indignação foi pensando no bem estar geral dos pacientes. Entendo que todos mereçam ótimo tratamento e foi assim que sempre agi, porém sempre me preocupei que pessoas com sintomas que deveriam ser tratados em UBS e serviços ambulatoriais pudessem causar filas que gerassem risco ao atendimento de pessoas em situações de urgência/emergência", disse a médica em um dos trechos do pedido de desculpas.

Entenda o caso

Mariana Lima viralizou no Twitter no último sábado (21) ao xingar de filho da p**a um paciente que procurou atendimento médico durante a madrugada com infecção urinária. No tweet, Mariana disse. "Tem que ser muito FILHA DE UMA P**TA pra vir 1 da manhã no pronto socorro por conta de infecção urinária viu. Não tem outra expressão pra descrever". 

Não demorou muito para a profissional receber críticas de usuários, que logo resgataram outros posts polêmicos da jovem aos pacientes. Em um deles, ela critica gestantes e pede para ser deixada em paz. "As gestantes são tudo referenciadas de maternidade porta aberta E VEM PRA UPA QUANDO COMEÇA A PARIR PQP MULHER ME DEIXA EM PAAAAAZ", confira:

Tweets da médica Mariana Lima. (Foto: Reprodução / Twitter)

Leia o pedido de desculpas na íntegra

Olá

Venho aqui me desculpar pelas mensagens escritas no meu twitter sobre os meus plantões realizados no pronto socorro médico. As mensagens foram escritas em desabafo em momento de estresse e cansaço.

Peço desculpas, principalmente porque amo minha profissão e meu contato diário com os pacientes. Atendo a todos que comparecem no pronto socorro com o máximo cuidado, dedicação e respeito, sempre buscando o melhor tratamento para os sintomas apresentados.

Reconheço ter errado, especialmente pela forma como escrevi as mensagens, mas ressalto que a forma de indignação foi pensando no bem estar geral dos pacientes. Entendo que todos mereçam ótimo tratamento e foi assim que sempre agi, porém sempre me preocupei que pessoas com sintomas que deveriam ser tratados em UBS e serviços ambulatoriais pudessem causar filas que gerassem risco ao atendimento de pessoas em situações de urgência/emergência.

Também me preocupava, por exemplo, que gestantes pudessem ser melhor atendidas em uma maternidade, com todo o suporte, do que em um pronto socorro. Enfim, minha preocupação sempre foi o melhor atendimento de todos os pacientes, e reconheço que errei ao me manifestar da forma como fiz no meu twitter.

Garanto que minhas manifestações, por outro lado, nada influenciaram na forma como eu atendi meus pacientes, o que fiz sempre com todo cuidado e cumprindo minha vocação para a medicina. Isso pode ser testemunhado também por meus colegas de trabalho, a quem agradeço pelo apoio que têm me dado neste momento.

(Estagiária Paula Figueiredo, sob supervisão de Tainá Cavalcante, editora web de OLiberal.com)

Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BRASIL

MAIS LIDAS EM BRASIL