CONTINUE EM OLIBERAL.COM
X

Mais Médicos terá novo edital com 3.184 vagas e direito a cotas

Ministra diz que 20% das vagas serão para grupos étnico-raciais

Agência Brasil

“Quando assumimos, eram menos de 13 mil médicos pelo programa. Hoje, temos cerca de 25 mil”, afirmou a ministra pela rede social. Nas postagens, Nísia Trindade afirmou que o novo edital vai permitir a reposição de vagas com vista a chegar à meta de 28 mil médicos. 

“O Mais Médicos é uma realidade, e faz diferença, numa Saúde da Família que hoje permite horários de atendimento estendidos, como na Bahia, onde já temos 80% de cobertura”.

VEJA MAIS

[[(standard.Article) Saúde reajusta bolsa do Mais Médicos em 8,4%]]

image Abertura de cursos de Medicina deve seguir edital do Mais Médicos, decidem ministros do STF
Os editais do Mais Médicos preveem prioridade para regiões onde há déficit de médicos, além de outros parâmetros

image Pará está entre os estados com mais casos de exercício irregular da medicina, aponta CFM
De 2012 a 2023, foram 118 boletins de ocorrências registrados em todo o estado envolvendo médicos e profissionais não médicos

Cotas

A ministra da Saúde acrescentou que, pela primeira vez, o edital seguirá a política de cotas. “São 20% das vagas para grupos étnico-raciais, e 9% para pessoas com deficiência. Seguimos assim nossa visão de inclusão. Vamos divulgar o edital! Temos muitos médicos aguardando essa oportunidade”.

A assessoria do Ministério da Saúde informou que outras informações, como datas de inscrição, devem ser anunciadas ainda nesta noite de segunda. 

Entre no nosso grupo de notícias no WhatsApp e Telegram 📱
Brasil
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BRASIL

MAIS LIDAS EM BRASIL