Mãe que esfaqueou e matou a filha de 13 anos é presa

Mulher havia sido detida em flagrante no dia do crime, mas foi solta durante audiência de custódia

Com informações da GaúchaZH

A mulher que esfaqueou a filha de 13 anos em Balneário Camboriú, no litoral de Santa Catarina, no início de setembro, foi presa na quinta-feira (3), na cidade de Jaraguá do Sul. Ela já havia sido detida em flagrante no dia do crime, mas foi solta durante audiência de custódia.

A menina morreu no hospital uma semana após ter sido esfaqueada, e a ordem de prisão preventiva da mãe foi expedida em 18 de setembro. Desde então, ela era considerada foragida. Ela foi encontrada pela Polícia Civil de Jaraguá do Sul após uma denúncia anônima.

Caso - Segundo a polícia, mãe e filha teriam saído do Paraná para Balneário Camboriú e, quando chegaram à cidade, conheceram um vendedor ambulante. Elas teriam se hospedado na casa desse homem durante um tempo até que se mudaram para Bombinhas, também no litoral catarinense.  

A investigação aponta ainda que a menina teria fugido de casa e saído à procura do vendedor ambulante. No dia do crime, a mãe teria descoberto que a garota estava com o homem em Balneário Camboriú e seguiu em busca da filha. Os três se envolveram em uma discussão, que resultou no homicídio.

O vendedor ambulante que estava com a adolescente é alvo de um inquérito por estupro de vulnerável — ele admitiu que vinha mantendo relações com a menina, mas, como não houve flagrante, ele não foi preso.

Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!