Jovem invade escola e esfaqueia professores para se vingar de diretora

Ataque teria sido motivado por bullying sofrido pelo suspeito quando era adolescente

Emilly Melo
fonte

Um homem invadiu a Escola Estadual Professor Júlio Mastrodomênico, em Ipaussu, interior de São Paulo, na noite de quarta-feira (14), e atacou duas professoras com golpes de faca. A motivação para o ataque seria para se vingar da diretora. Com informações do G1.

VEJA MAIS

image Homem é flagrado roubando escola vestindo somente uma calcinha; vídeo
O suspeito já foi preso. De acordo com a Polícia Civil, essa não seria a primeira vez que o ladrão invade a escola para cometer furtos. Entenda o caso

image Adolescente que matou 4 em escolas de Aracruz é sentenciado a até 3 anos de internação
Ao todo, 12 pessoas foram feridas e três ainda permanecem internadas em hospitais

image Atirador almoçou e foi para casa de praia com os pais após atacar escolas no Espírito Santo
Polícia detalhou o comportamento do jovem que matou 4 pessoas. Ao chegar em casa, ele guardou as armas e almoçou: “Os pais chegam e ele reage naturalmente”, diz o delegado

O suspeito, identificado como Tiago Oliveira Silva, de 22 anos, declarou que sofreu bullying aos 12 anos e decidiu se vingar da diretora, que atuava em outra escola onde ele teria sofrido as agressões

Durante a invasão, Tiago portava uma faca, um canivete e um simulacro de arma de fogo. Ele atacou a professora Beatriz Belo de Miranda, nas costas, e a vice-diretora Luciene Rose de Lemos quando ela tentou ajudar a colega. Elas conseguiram tirar a faca do agressor, mas ele sacou o canivete.

O jovem também ameaçou e agrediu o professor Danilo Lincoln Apolinário, quando ele tentou socorrer as colegas de trabalho. Mesmo tentando desarmar o agressor, Apolinário foi vencido e ficou como refém, com a faca encostada no pescoço. Ele levou coronhadas na cabeça com o simulacro.

A Polícia Militar (PM) foi acionada e conseguiu prender o rapaz, após breve negociação. Ele foi levado à delegacia de Ourinhos e transferido para a cadeia de São Pedro do Turvo.

A professora esfaqueada nas costas foi encaminhada para a emergência da Santa Casa de Ourinhos. O estado dela é grave, porque há possibilidade de perfuração em um dos pulmões, de acordo com o G1. O professor não se machucou, apesar do susto. A vítima ferida no braço e no ombro foi medicada e recebeu alta.

(*Emilly Melo, estagiária, sob supervisão de Hamilton Braga, coordenador do Núcleo de Política)

Brasil
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BRASIL

MAIS LIDAS EM BRASIL