Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Hospital atinge mais de 110% de lotação e aluga contêiner para colocar mortos

O bloco cirúrgico do hospital foi fechado e as salas de recuperação foram transformadas em UTIs

Com informações do Portal Holanda

O Hospital Moinhos de Vento, o maior da rede privada de Porto Alegre, é o que registra maior ocupação de leitos de UTI na Capital do RS, com 119,7% de lotação, conforme levantamento da Secretaria Municipal da Saúde.

“Todo mundo sendo mobilizado no hospital, médicos, anestesistas, enfermeiros de todas as áreas. Nós estamos, realmente, com uma situação calamitosa", afirmou o superintendente, Luiz ANtônio Nasi.

O bloco cirúrgico do hospital foi fechado e as salas de recuperação foram transformadas em UTIs. Entretanto, os problemas no Moinhos de Vento não são apenas no cuidado de pacientes em atendimento. De acordo com o superintendente, a unidade precisou ampliar a estrutura para alocar os mortos.

"A nossa lista do morgue, ontem [segunda], ultrapassou a capacidade de acomodar as pessoas que faleceram dentro do hospital. Estamos contratando um contêiner para poder colocar as vítimas", relatou Nasi.

"Será utilizado somente em caso de real necessidade, considerando a possibilidade de atrasos na retirada dos óbitos por parte das funerárias, realidade essa percebida em outras cidades do Brasil e do mundo", informou Nasi. A estrutura atual comporta até três corpos e está adequada às normas, condições de normalidade e porte do Hospital Moinhos de Vento.

 

Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BRASIL

MAIS LIDAS EM BRASIL