Homem é flagrado durante sessão de espancamento a uma mulher

Suspeito já foi identificado e está sendo procurado pela polícia. Esta é a oitava queixa prestada contra ele por violência contra mulheres

(Com informações dos portais G1 Bahia e UOL)

Um vídeo que começou a circular nas redes sociais nesta quarta-feira, 14, mostra mais um caso de violência contra mulher. Nele um homem discute e algum tempo depois passa a agredir uma mulher com socos. Identificado como Carlos Samuel Freitas Costa Filho, ele é está sendo procurado pela polícia de Ilhéus, no sul da Bahia. De acordo com a delegada titular da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam) do estado, Márcia Rezende, ele está sendo procurado pela polícia.

Ainda não se sabe ao certo em que dia ocorreram as agressões, já que a vítima não registrou boletim de ocorrência. Também não há detalhes sobre a relação dela com o autor.

As imagens foram feitas por um morador do bairro Nelson Costa, zona sul de Ilhéus, e mostram agressor e vítima próximos de um carro, na frente de uma casa. A mulher pede diversas vezes para que o homem deixe o local.

Durante o vídeo, o homem se dirige à pessoa que está gravando a cena e a chama para briga. “Cadê o homem que você disse que vai descer? Cadê ele? Manda ele descer que eu quero ver”.

A vítima pede para que o homem não desça e diz que ele não está armado. “Desça não moço, ele não tem nada. É um Zé ruela, não tem nada”.

Logo depois, ela volta a pedir para que o agressor deixe o local, mas não é atendida. Ele, então, a agride com uma sequência de murros no rosto. Até a última publicação desta reportagem, o suspeito não havia sido encontrado.

A delegada informou que Carlos Samuel tem outros oito registros na Deam, por agressão a mulheres. Ele também já foi preso por outros crimes, que não foram divulgados.

Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM BRASIL