Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Grupo antivacina morde dedo de vereador durante briga generalizada na Câmara

Os manifestantes carregavam bandeiras do Brasil e cartazes defendendo o direito de não se vacinar

O Liberal

Um grupo de manifestantes contrários ao passaporte da vacina invadiu a Câmara de Vereadores de Porto Alegre (RS), nesta quarta-feira (20) e interrompeu a sessão no Legislativo. Um dos vereadores, que tentou conter o grupo, contou que foi mordido no dedo por um dos manifestantes. As informações são do jornal O Povo.

No momento da invasão, os parlamentares debatiam sobre um veto do prefeito Sebastião Melo à exigência do passaporte vacinal em Porto Alegre. Na capital gaúcha, a apresentação do documento é obrigatória, em alguns espaços, desde segunda-feira (18), por determinação estadual. 

O vereador Idenir Cecchim (MDB) interrompeu a sessão até que a situação fosse pacificada. O vereador Claudio Janta (Solidariedade) afirmou que foi mordido no dedo por um dos manifestantes.

Do lado de fora da Câmara, mais manifestantes carregavam bandeiras do Brasil e cartazes defendendo o direito de não se vacinar. Os grupos defendem que a vacina não tem eficácia e não garante imunização.

Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BRASIL

MAIS LIDAS EM BRASIL