Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Dengue: Casos aumentam no país e testes para diagnóstico se esgotam nos hospitais

Número de casos de dengue este ano já ultrapassam os registrados em todo ano passado

Maiza Santos

Os casos de dengue disparam em todo o Brasil. Nos quatro primeiros meses de 2022, o número já supera os 544 mil registrados em todo o ano passado. O que preocupa os profissionais de saúde é que o reagente usado para fazer o exame que confirma a doença está esgotado na rede pública e privada. A orientação é que sejam priorizados os casos mais graves da doença e as grávidas.

VEJA MAIS

Dengue: incidência de casos segue em crescimento no Pará
Somente este ano já foram registrados 2.432 casos no Estado, 844 notificações a mais que o mesmo período de 2021 

Dengue: Pesquisadores detectam nova cepa mais contagiosa do vírus no Brasil
Cientistas temem a possibilidade dessa nova linhagem se disseminar de forma mais eficiente do que a atual que circula no país

De acordo com o último boletim epidemiológico federal, disponibilizado na última sexta-feira (13/05), as notificações sobre possíveis casos de dengue triplicaram em relação ao mesmo período do ano passado. Os casos notificados à União pelos municípios e estados subiram 56,7% e os confirmados aumentaram 65,7%.De janeiro a abril deste ano, houve 654,8 mil notificações de dengue no Brasil. Segundo o Ministério da Saúde, até o momento, não está acontecendo a entrega de kits para o diagnóstico da dengue, chikungunya e zika. A reposição nacional só deverá ser restabelecida em junho. Apesar de tudo, as autoridades afirmam que os insumos para tratamento têm sido enviados

Para realizar a confirmação de casos de dengue, devido ao baixo número de testes, o Ministério da Saúde recomenda que sejam feitos exames em laboratórios ou por critério clínico-epidemiológico. Se não for possível fazer o exame, a instrução é que os profissionais de saúde sigam os protocolos de diagnóstico por critério clínico e notifiquem o caso suspeito com o diagnóstico por critério clínico-epidemiológico

Ainda que não seja possível realizar a confirmação por laboratório ou para casos com resultados laboratoriais inconclusivos, deverá ser considerado positivo quem apresentar sintomas e possuir contato com alguém que já possui confirmação no laboratório.

(Estagiária Maiza Santos, sob supervisão da editora Web de OLiberal.com, Vanessa Pinheiro)

Palavras-chave

Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BRASIL

MAIS LIDAS EM BRASIL