Delegada é exonerada por conta de vídeos viralizados no TikTok

Corporação julgou inaceitável a exposição das ações expostas sob a ótica "bem humorada" da servidora

Redação Integrada (Com informações do Portal Extra)

Famosa nos grupos de WhatsApp por fazer vídeos no estilo TikTok — curtinhos, chamando atenção, e puxando pelo humor — a delegada Juliana Emerique, recém-chegada à 53ª DP, em Mesquita, no Rio de Janeiro, foi exonerada do cargo. O motivo, segundo o titular da Secretaria de Polícia Civil,  Allan Tornowski, como um delegado é responsável pela liberdade das pessoas, "não dá para ficar fazendo gracinha".

A graça, a que o secretário faz menção, refere-se exatamente aos vídeos feitos por Juliana em que comemorava apreensões e prisões feitas pela unidade. Em alguns deles aparecia fazendo caras e bocas. "É um cargo sério que tem que passar imagem de respeito que a população merece", ressaltou Tornowski.

Um detalhe: até o começo do ano Juliana Emerique ocupava o cargo de coordenadora geral do DGPAM - Departamento-Geral de Polícia de Atendimento À Mulher, e foi ela quem conduziu o caso de assédio envolvendo o ginasta Petrix Barbosa, do BBB 20, e as participantes Bianca Andrade, a “Boca Rosa”, e Flayslane Raiane.

Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM BRASIL