Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Brasil recebe 1º lote de vacinas da Pfizer contra a covid-19 para crianças

Remessa com 1,2 milhão de doses desembarcou no Aeroporto de Viracopos, em Campinas (SP)

Agência Estado

O primeiro lote de vacinas da Pfizer contra a covid-19 para crianças de 5 a 11 anos chegou ao Brasil por volta das 4h45 desta quinta-feira, dia 13. A remessa com 1,2 milhão de doses desembarcou no Aeroporto de Viracopos, em Campinas (SP). As doses serão agora encaminhadas para o Centro de Distribuição do Ministério da Saúde em Guarulhos, na Grande São Paulo, para passarem por um processo de controle de qualidade e temperatura. Segundo o Ministério da Saúde, a distribuição aos estados e Distrito Federal começa ainda nesta quinta-feira, seguindo o critério proporcional ao quantitativo de crianças por unidade federativa.

As doses fazem parte da primeira remessa de três que serão recebidas pelo País. A previsão é que o Brasil receba em janeiro um total de 4,3 milhões de doses da vacina. Durante o primeiro trimestre, está prevista a chegada de quase 20 milhões de doses pediátricas, destinadas ao público-alvo de 20,5 milhões de crianças. Em fevereiro, a previsão é que sejam entregues mais 7,2 milhões, e em março, 8,4 milhões.

A recomendação do Ministério da Saúde prevê que a vacinação de 5 a 11 anos não é obrigatória e seguirá uma ordem de prioridades, iniciando pelas crianças com comorbidades e deficiências permanentes. A imunização ainda requer o termo de autorização dos responsáveis ou a presença desses no momento da vacinação. O esquema vacinal será de duas doses, com intervalo de oito semanas entre as aplicações.

Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BRASIL

MAIS LIDAS EM BRASIL