Auxílio Taxista: veja quem pode receber o benefício e quantas parcelas faltam

O Auxílio Taxista irá pagar seis parcelas de R$1 mil reais para os motoristas; saiba como funciona

Gabriel Mansur

O Auxílio Taxista foi aprovado pelo Governo Federal em julho de 2022, e será distribuído em seis parcelas de R$ 1 mil. Com o objetivo de diminuir os impactos causados pela alta do preço dos combustíveis derivados de petróleo, o benefício ainda será pago nos meses de novembro e dezembro.

VEJA MAIS

Auxílio Taxista: saiba como consultar e saber se tem direito ao benefício
O montante pago pelo Governo Federal deve ser movimentado em até 90 dias; 4ª parcela do benefício foi paga no último dia 18 de outubro

Auxílio Taxista: saiba qual o valor do benefício pago para quase 300 mil profissionais
Benefício foi criado em 2022 e ainda será pago nos meses de novembro e dezembro; confira qual o valor do Auxílio Taxista

Auxílio Taxista: prazo para envio de lista pela prefeitura acabou ontem (7); entenda como funciona
Benefício será pago antecipadamente em novembro e dezembro; Governo Federal estima gasto de R$2 bilhões em 2022

Para receber o Auxílio Taxista, o profissional não precisa fazer nada. A lista de profissionais é enviada pelas prefeituras e avaliada pelo Dataprev, que analisará quais profissionais estão aptos para receber a quantia.

Quem pode receber o Auxílio Taxista?

Para receber o benefício, é necessário que o motorista de táxi estivesse registrado na prefeitura, com concessão ou alvará expedido até o dia 31 de maio. Caso tenha dúvidas, o cidadão deve entrar em contato com a prefeitura de seu município para conferir a situação de seu cadastro.

Benefício foi antecipado

As parcelas de outubro, novembro e dezembro do Auxílio Taxista foram antecipadas pelo Governo Federal. Em novembro, o pagamento será feito no dia 19. Já em dezembro, os profissionais terão acesso a quantia já no dia 10. O montante é depositado em uma conta poupança social digital gerada automaticamente em nome do trabalhador. O valor deve ser movimentado ou sacado em até 90 dias. Caso contrário, será recolhido pelo Tesouro Nacional

(Estagiário Gabriel Mansur, sob supervisão do editor executivo de OLiberal.com, Carlos Fellip)

 

Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BRASIL

MAIS LIDAS EM BRASIL