Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Sem energia, Moju tem 100 casas atingidas por vendaval e escolas públicas ficam sem aula

Município decreta emergência pública. Geradores são aguardados na cidade

Eduardo Rocha

"Estamos assustados!". A colocação foi feita, no final da tarde desta segunda-feira (19), pela prefeita de Moju, Nilma Lima, ao se referir à situação de transtornos provocados pelo vendaval que atingiu esse município e o de Tailândia, no nordeste do Pará, na tarde de domingo (18). O vendaval provocou a interrupção do fornecimento de energia elétrica, avarias em imóveis e a suspensão das aulas nas escolas públicas em Moju, onde 100 casas foram avariadas.

A prefeita Nilma Lima informou que nunca se viu um fenômeno como o vendaval de domingo em Moju, com chuva e ventos muito fortes, entre 15 e 20 minutos. "A cidade está sem energia. Só se tem energia no Hospital Municipal de Moju, na unidade mista (de pronto atendimento), na Secretaria Municipal de Alimentação Escolar (Semae) e no setor de vacinação", disse. Nesses locais, a energia é garantia via geradores. 

VEJA MAIS

Após vendaval, Moju e Tailândia seguem sem energia há quase 24 horas
Em razão da alta complexidade das ações implementadas, ainda não há como informar uma previsão para reestabelecer o fornecimento total de energia nos municípios

Jovem de 20 anos é assassinado em Moju
O crime teria acontecido por volta de 1h da manhã, no ramal do Condomínio Industrial

'Minhoca' é preso por tráfico de entorpecentes em Moju
Ao perceber a aproximação dos militares, o suspeito ainda tentou se livrar da droga

Diante da situação de emergência, ainda no domingo (18), a Prefeitura de Moju demandou à concessionária de energia elétrica Equatorial Pará quatro geradores com potência maior, a fim de, entre outros locais, garantir a manutenção do sistema de captação de água do rio para abastecimento municipal. Esses equipamentos devem chegar ao município ainda nesta segunda-feira. Geradores portáteis são utilizados na rede de água nos bairros. Até o momento, não houve falta de água em Moju.

Emergência

Ainda nesta segunda-feira, a Prefeitura, Corpo de Bombeiros, Polícia Civil, Polícia Militar e secretarias de Meio Ambiente e de Obras iniciaram um mutirão de limpeza de danos em imóveis com avarias no telhado. Não há pessoas desabrigadas, ainda que existam 100 casas com telhado danificado. 

Não foram verificadas maiores alterações no trânsito, mas as famílias utilizam velas para iluminar as casas e a comunicação via internet está difícil. A prefeita Nilma Lima prevê que o problema na iluminação da cidade seja contornado de 4 a 5 dias. Ainda no domingo (18), a prefeita decretou estado de emergência pública em Moju. 

A feira e outros locais de abastecimento da cidade também foram atingidos pela força do vento. 

Belém
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BELÉM

MAIS LIDAS EM BELÉM