Meteorologia aponta que chuvas não devem coincidir com as marés altas

Chuvas, no entanto, não estão descartadas e podem ser fortes

Victor Furtado / Redação Integrada de O Liberal

A Marinha do Brasil alertou que, de 16 a 20 de maio, haverá marés altas e com risco de coincidência com chuvas. Mas o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) não tem previsões de que haja chuvas fortes nos próximos dias. Muito menos chuvas coincidindo com as marés. O final de semana, possivelmente, terá tempo bom.

No informe da Marinha, o nível mais alto da maré será 3,5 metros, às 10h13 desta sexta-feira (17). Haverá picos de 3,4 metros até o dia 20, sempre do meio para o final da manhã e ao final da noite. José Raimundo Abreu, coordenador do Segundo Distrito de Meteorologia (Disme / Inmet), aponta que na sexta pode haver apenas chuva fraca, se houver, à tarde.

"Estou até pensando em ia à praia no final de semana. No sábado e no domingo teremos tempo bom. O clima já está melhorando significativamente. Alguns desses dias de marés altas, nem deve chover. Se chover, é com fraca intensidade e sem coincidir com o horário de pico da maré", analisa o meteorologista.

Já a Divisão de Meteorologia (Divmet), do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia (Censipam), aponta que entre esta quinta (16) e sábado (18), Belém pode ter clima parcialmente nublado a encoberto. Na quinta há previsão de chuvas e trovoadas, à tarde e à noite, Na sexta, há previsão de pancadas de chuva e trovoadas, à tarde e à noite. No sábado, a expectativa é de pancadas de chuva isoladas e trovoadas, à tarde e à noite. O boletim foi publicado na tarde desta quarta (15) e pode ser acessado aqui.

Como a meteorologia não é uma ciência perfeitamente exata e trabalha com previsões, obviamente, podem ocorrer chuvas. No entanto, pelos dados e análises meteorológicas, a probabilidade é baixa. A natureza é incontrolável.

Por isso, o alerta da Marinha também ressaltava os riscos de transbordamento de canais em áreas mais baixas e próximas de canais. Algumas áreas com alagamentos crônicos, como Terra Firme, Jurunas, Cremação, Umarizal, Reduto e Marco podem sim ficar submersas, mesmo com pouca chuva.

 

Confira os dias e horários das marés com riscos moderados e altos, segundo a Marinha do Brasil:

 

- Quinta-feira, 16: 3,4 metros às 9h24.
Alerta de risco alto para maré alta pela manhã, com probabilidade de chuva nos períodos da manhã e da tarde

- Sexta-feira, 17: 3,5 metros às 10h13; e 3,4 metros às 22h43.
Alerta de risco altíssimo para maré alta pela manhã e risco alto à noite, com probabilidade de chuva no período da tarde.

- Sábado, 18: 3,4 metros às 10h56; e 3,4 metros às 23h30.
Alerta de risco alto para maré alta pela manhã e noite, com probabilidade de chuva nos períodos da tarde e da noite.

- Domingo, 19: 3,4 metros às 11h32.
Alerta de risco alto para maré alta pela manhã, com probabilidade de chuva nos períodos da tarde e da noite.

- Segunda-feira, 20: 3,3 metros a 0h19; e 3,4 metros às 12h13.
Alerta de risco alto para maré alta de madrugada e no início da tarde, com probabilidade de chuva nos períodos da manhã e da tarde.

Belém