Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Empresa que opera aterro de Marituba diz que coleta de lixo em Belém é ineficiente

Guamá Tratamento de Resíduos rebate acusações da Prefeitura de Belém de falha na operação do aterro

A Prefeitura de Belém, no início da manhã desta terça-feira, alegou que a coleta de lixo da capital estava atrasada por falhas na operação do aterro de Marituba, operado pela Guamá Tratamento de Resíduos. A empresa negou qualquer falha e chamou o serviço da prefeitura de ineficiente.

Em nota, a Guamá Tratamento de Resíduos informou que "...não ocorreu nenhuma situação atípica na operação do aterro sanitário nesta madrugada de terça-feira, 15 de janeiro. O tempo médio de permanência total dos veículos no aterro foi de uma hora, entre a meia noite e 2h da manhã. A média é considerada normal para as segundas-feiras, que recebem um acúmulo de resíduos gerados durante o fim de semana"

A empresa também informou que "...de 2h até as 4h da manhã não houve entrada de nenhum carro de coleta da Prefeitura de Belém no aterro, o que só ocorreu a partir das 4h.  A partir deste horário até as 7h da manhã, o tempo médio de permanência total dos veículos no aterro foi de 40 minutos. Isso evidencia que a ineficiência do serviço de coleta identificada não foi em decorrência das operações do aterro sanitário"

Ainda na nota da empresa, "...em demonstração de total compreensão com a situação da limpeza urbana em Belém, a pedido da Sesan, a Guamá estendeu o horário de funcionamento do aterro no último domingo por mais quatro horas, para recebimento dos resíduos acumulados nas vias da cidade".

"A Guamá informa que as suas operações são registradas por meio de câmeras de vídeo e controladas através de sistema de pesagem, com registro de entrada e saída dos veículos, que estão disponíveis para checagem demonstrando total transparência", concluiu a Guamá, em nota.

Desde novembro do ano passado, a Guamá Tratamento de Resíduos e prefeituras da Região Metropolitana de Belém vêm se enfrentando. A empresa anunciou o fechamento do lixão por falta de pagamento das gestões municipais.

Palavras-chave

Belém
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BELÉM

MAIS LIDAS EM BELÉM