Embarcações pegam fogo em galpão na Bernardo Sayão; ninguém ficou ferido

A PM disse que o caso teria iniciado por volta de 21h30. No entanto, uma moradora contou que escutou o barulho de uma explosão por volta de 21h

O Liberal
fonte

Pelo menos oito embarcações foram atingidas por um incêndio no final da noite desta terça-feira (25) dentro uma marina particular, que fica na avenida Bernardo Sayão, ao lado da praça Princesa Isabel, bairro da Condor, em Belém. Segundo o Corpo de Bombeiros Militar do Pará (CBMPA), foram duas lanchas e uma pequena embarcação totalmente destruídas, enquanto outras duas lanchas e três moto aquáticas foram afetadas parcialmente. Ninguém ficou ferido. 

De acordo com a Polícia Militar (PM), as embarcações estavam estacionadas num galpão quando foram totalmente destruídas pelas chamas por volta de 21h30. Porém, uma moradora disse à reportagem que, às 21h, escutou o barulho de explosão na marina.

Um carreta tanque bomba, que suporta o volume de 30 mil litros de água, foi utilizada pelo CBMPA no trabalho de resfriamento das embarcações. O fogo chegou a atingir o teto do galpão.

VEJA MAIS 

image Duas crianças morrem durante incêndio após vela cair em quarto
Mãe e vizinhos tentaram apagar as chamas, mas não conseguiram

image Homem morre carbonizado em incêndio, em Alenquer (PA), neste domingo (14)
Conhecido como "Chico Aranha", eletricista, a vítima morreu na própria casa anexa à oficina

image Incêndio atinge restaurante no centro de Castanhal; vídeo
Não houve vítimas fatais, mas três senhoras inalaram bastante fumaça e precisaram ser socorridas

image Corpo de Bombeiros tenta apagar as chamas (Cristino Martins/O Liberal)

O incêndio foi controlado por volta de 23h. Carros rebocadores foram usados para retirar as lanchas de dentro do galpão para que os bombeiros conseguissem controlar o fogo. O número de automóveis aquáticos atingidos pelo fogo ainda poderia aumentar. Até às 23h30, os bombeiros ainda não tinham adentrado o armazém para investigar se mais embarcações tinham sido afetadas. 

Em um outro vídeo encaminhado à redação integrada de O Liberal, os bombeiros tentam colocar uma das lanchas arruinadas no Rio Guamá, para tentar controlar o fogo. No entanto, após alguns segundos a embarcação afundou nas águas do rio. 

image Um carreta tanque bomba, que suporta o volume de 30 mil litros de água, foi utilizada pelo CBMPA no trabalho de resfriamento das embarcações (Cristino Martins/O Liberal)

Em outras imagens que circulam nas redes sociais, aparece o momento em que uma lancha é assolada pelas chamas.

A causa do incêndio deve ser revelada após a inspeção da perícia dos bombeiros. 

Belém
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BELÉM

MAIS LIDAS EM BELÉM