Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Colunista social Adenirson Lage morre aos 77 anos em Belém

O jornalista estava internado há quase um mês por complicações cardíacas e não resistiu ao quadro na noite da última quarta-feira (07)

O Liberal

Adenirson Lage, um dos mais antigos colunistas sociais do Jornal Amazônia, do Grupo Liberal, faleceu na noite da quarta-feira (07), às 23h30, vítima de falência múltipla de órgãos. Ele estava internado desde o dia 13 de agosto no Hospital do Coração, na capital paraense, por conta de complicações cardíacas e teve uma piora na noite da última quarta-feira. A informação foi confirmada por seu filho, Gabriel Lage.

O velório é realizado na manhã desta quinta-feira (08) e segue até a tarde na Capela do Recanto da Saudade, na rua Domingos Marreiros, no bairro do Umarizal, em Belém. O sepultamento está marcado para esta quinta, às 17h, no Cemitério Parque da Eternidade, localizado na Rua Bom Sossego, no município de Marituba, na Grande Belém.

VEJA MAIS

Adenirson Lage deixa grande legado no jornalismo social paraense
O jornalista estava internado há quase um mês por complicações cardíacas e não resistiu nesta quarta-feira (07)

Assembleia Legislativa do Estado lamenta a morte do jornalista Adenirson Lage
O jornalista fez um brilhante trabalho no cerimonial do Poder Legislativo desde 1995

Além de colunista social do Jornal Amazônia, do Grupo Liberal, o jornalista também fez um brilhante trabalho no cerimonial da Assembleia Legislativa do Estado (Alepa). Grande parceiro de profissão, o também jornalista Ismaelino Pinto fala um pouco da relação com Lage. “Ficamos no ‘Rainha das Rainhas’ por muitos anos, estávamos sempre nos mesmos lugares, nas mesmas situações, nossa relação era cordial, de amizade. Acredito que o Adenirson faz parte de uma geração muito importante para o jornalismo social, eu dizia que ele tinha o jeito ‘Adernison Lage’ de trabalhar. Além de ser completamente ligado a família e ao trabalho que tinha também como cerimonialista na Assembleia Legislativa. O Lage vem da geração que se tornou colunista social, uma característica da nossa cidade e ele estava no grupo dos mais tradicionais. Então é uma perda muito grande, porque junto com ele vai um estilo, uma cultura”, detalhou o amigo.

Editora-chefe do jornal Amazônia, Soraya Pessoa lembra que Adenirson Lage já era colunista do Amazônia quando ela começou a trabalhar no jornal, há quase duas décadas, como editora-assistente. “Ele sempre foi muito dedicado à coluna, sempre atento às novidades do meio social na capital paraense. Uma referência no colunismo social. Nossa relação se estreitou quando assumi a chefia do Amazônia. Meus pêsames para a família e os amigos. A equipe do Amazônia e seus leitores estão de luto por essa imensa perda”, afirmou a editora-chefe.

Jornalista Guilherme Barra morre aos 80 anos em Belém
Guilherme foi retirar um nódulo pulmonar e acabou contraindo uma pneumonia. Ele não resistiu e morreu.

Morre o jornalista Celso Freire, referência do radiojornalismo na Amazônia
Profissional do Grupo Liberal, o mais premiado jornalista do Norte do Brasil, faleceu na madrugada desta quarta-feira (24)

Colunista renomado

Adenirson era um colunista renomado do meio social. Era colaborador do Grupo Liberal desde 1979. Por décadas, foi coordenador do maior concurso de beleza e fantasia do país, o Rainha das Rainhas, sempre ao lado da professora de dança Clara Pinto. Adenirson também atuou, por muitos anos, como chefe do cerimonial da Assembleia Legislativa do Pará.

Belém
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BELÉM

MAIS LIDAS EM BELÉM