Cachorro espancado a pauladas em Canudos volta pra casa após 10 dias de internação

Final feliz para Ozzy, entregue à família na quarta-feira (7), totalmente recuperado das agressões

Caio Oliveira

O caso do cachorrinho Ozzy, que foi brutalmente agredido por Alan Gonzaga, na avenida Ceará, bairro de Canudos, em Belém, teve um final feliz. Depois de dez dias internado em uma clínica em Castanhal, o cão foi entregue à família nessa quarta-feira (7), totalmente recuperado.

Agora, segundo Cleide Pereira, da ONG Associação Assistência Animal (ANI), o foco é no pagamento da conta do médico veterinário que atendeu Ozzy. Uma campanha foi iniciada nas redes sociais para coletar a quantia de R$ 2.610, valor gasto para salvar a vida do animal agredido.

Ozzy e sua dona: doações para pagamento de custos são aceitos (Reprodução)

LEIA TAMBÉM

- Em Canudos, homem espanca cachorro após animal urinar no carro

- Ibama multa em R$ 3 mil homem que espancou cachorro a pauladas em Belém

PARA AJUDAR

Quem quiser e puder ajudar basta entrar em contato via WhatsApp (91) 99114-4605.

Os valores gastos no tratamento de Ozzy são públicos e Cleide reforça que qualquer doação será feita diretamente na conta da clínica. Também nas redes sociais, foi divulgado um vídeo que mostra o momento do reencontro entre o cachorro e sua tutora, Maria Inês, depois dos dias em internação.

"Agradecemos a todos que ajudaram de alguma forma esse ser inocente. Uma protetora que se reserva o direito de permanecer anônima, ficou responsável pelos custos do tratamento, e em nenhum momento solicitou ajuda financeira de quem quer que seja. Nem ela nem nos da ANI pegaremos qualquer importância financeira (sic)", diz a publicação da ANI nas redes sociais. "O caso continuará na justiça até que a pena criminal seja aplicada e cumprida. Que o OZZI seja muito feliz, amado e protegido daqui por diante."

Segundo Cleide, o cachorro teve um edema cerebral por causa das repetidas agressões na cabeça, e teve algumas funções motoras prejudicadas. Com o tratamento, o animal conseguiu se recuperar, mas ainda passa por exames em clínicas veterinárias para acompanhar sua recuperação total.

Belém
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!