Belenenses ainda relatam falta de água nesta segunda-feira

Em 30 minutos de enquete, sete bairros foram citados pelos internautas

Redação Integrada

A Companhia de Saneamento do Pará (Cosanpa) anunciou na manhã do último domingo, 14, que os bairros da Pedreira, Telégrafo, Sacramenta, parte do Barreiro e Marco estavam com o abastecimento de água paralisado "para recuperação de cisterna". A previsão para reestabelecimento e normalização do serviço era até às 12h de ontem (14), mas internautas ainda relatam problemas no abastecimento até a manhã desta segunda-feira, 15.

Em enquete promovida no Facebook Liberal.com, perguntamos aos internautas: "Tem água na sua casa hoje? Se não, diga nos comentários o bairro que você mora". Em 30 minutos de publicação, 30 comentários foram registrados. Eles citam, em sua maioria, problemas em sete bairros: Canudos, Sacramenta, Barreiro, Pratinha, Telégrafo, Umarizal e Marco. Veja:

O percentual de pessoas que votou informando que tem água na residência, porém, é maior do que os internautas que garantem estar com problemas no abastecimento. Dos 320 votos registrados até às 10h20, 65% afirmaram ter água e 35% disseram que não.

O internauta Luan de Pereira, morador da Pedreira, um dos bairros que mais registrou problemas com o abastecimento nos últimos dias, disse que, nesta manhã, o serviço está normal em sua casa. Chris do Carmo, porém, que também é da Pedreira, comentou: "Cadê água na Pedreira?".

Telma Lisboa mora em Canudos e lamentou os constantes problemas de abastecimento no bairro. "Não tem água em Canudos, todos os dias. Nem no chuveiro sobe mais... à noite é fraca, depois vai embora" disse. Alcione Silva também garantiu que na "Sacramenta falta todo dia direto".

LEIA TAMBÉM:

Comentários também foram registrados sobre o bairro da Pratinha. A internauta Luana Brito disse que "não tem água na Pratinha, nem hoje, nem nunca, e ainda chega droga de papel pra pagar por uma coisa que a gente nem usa".

Sobre o bairro do Telégrafo, alguns moradores, como a Sara Diran, afirmaram que o abastecimento estava normal. Outros moradores, porém, como a Gloria Costa, dizem que não tem água no bairro.

A Cosanpa já agendou para às 14h30 desta segunda-feira, 15, uma coletiva de imprensa para esclarecer a sociedade sobre questões referentes à falta de água em Belém. A entrevista será na sede da Companhia.

Sobre a falta de água desta segunda-feira, a Companhia informou que "por volta das 5h, foi necessária uma parada no sistema do Bolonha para restabelecer o nível da cisterna e, às 6h20, o abastecimento foi restabelecido". Às 10h10, segundo a Cosanpa, uma nova parada foi registrada. Nesta segunda ocasião, sete bairros foram afetados: Terra Firme, Canudos, Pedreira, Telégrafo, Sacramenta, Marco e Barreiro. A previsão, segundo a Companhia, é de que às 11h30 "o sistema alcance o nível de segurança para restabelecimento do fornecimento de água". 

Belém