Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Jair Bolsonaro em Belém: 'Vamos ganhar no primeiro turno', afirma presidente

Em rápido discurso, candidato à reeleição falou sobre a gestão da pandemia, o auxílio Brasil, manifestou apoio aos candidatos aliados e demonstrou confiança na vitória nessas eleições

O Liberal

Em sua passagem por Belém, nesta quinta-feira (22), o presidente Jair Bolsonaro (PL), candidato à reeleição, destacou pontos de sua gestão no Executivo federal, criticou o adversário na disputa, Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e demonstrou estar confiante na vitória nas eleições deste ano. “Vamos ganhar no primeiro turno", afirmou aos apoiadores que lotaram o local do comício realizado na avenida Visconde de Souza Franco (Doca).

VEJA MAIS

Jair Bolsonaro em Belém: Candidato à reeleição é recebido com festa por apoiadores na Doca
Apoiadores aguardavam desde cedo a chegada do presidente. Parte da avenida foi interditada

Jair Bolsonaro em Belém: Comboio de carretas acompanha motocarreata
Presidente saiu do Aeroporto Internacional de Belém até a Doca acompanhado por vários apoiadores

Jair Bolsonaro em Belém: Presidente participa de motocarreata com apoiadores; veja
Ele desembarcou na cidade por volta das 9h e segue para a Doca

Ele começou afirmando que, mesmo com dois anos de pandemia, “o Brasil é exemplo para o mundo na sua economia”. Voltou a destacar que foi contra o fechamento de comércio durante a pandemia e destacou as ações do Governo Federal. “Gastamos 700 bilhões de reais em 2020. Vencemos essa página e agora estamos no caminho do futuro de forma concreta”, declarou.

(Thiago Gomes / O Liberal)

“Quem esperava a gasolina estar abaixo de 5 reais no Brasil? Trabalho nosso junto ao Congresso Nacional. Trabalho realmente com afinco. Vamos enfrentar o terceiro mês com inflação negativa. Somos admirados no mundo todo, somos uma grande potência e cuidamos também dos mais humildes, dos mais necessitados. Hoje, temos um Auxílio Brasil que equivale a três vezes o valor Bolsa Família. Isso só é possível porque é um governo que não rouba, não tem corrupção e respeita o seu povo”, completou.

Bolsonaro tem ato político em Belém nesta quinta-feira (22)

O presidente manifestou apoio às candidaturas de Mário Couto ao Senado e Zequinha Marinho ao Governo – ambos do PL, mesmo partido de Bolsonaro.

“O estado pode ser laico, mas o seu presidente é cristão e nós, diferentemente do outro candidato, nós defendemos a vida desde a sua concepção. Nós dizemos não ao aborto. Nós dizemos não à ideologia de gênero, nós dizemos não à legalização das drogas”, declarou Bolsonaro.

(Igor Mota / O Liberal)

Em seguida, ele se referiu ao principal adversário na corrida eleitoral deste ano. “Fiquem tranquilos. O Lula continuará no lixo da história. Este cara nunca mais vai roubar o povo brasileiro. Ser honesto não é virtude, é obrigação de qualquer cidadão. Tenho certeza, continuaremos fazendo o nosso trabalho, reconhecido dentro e fora do Brasil. Somos um país fantástico e esse estado é um dos estados mais ricos do Brasil, mas infelizmente muito mal administrado. Tenho certeza que com Marinho e Couto botaremos o Pará no lugar que ele merece. A todos vocês, só tenho a agradecer o apoio que tive em 2018, e tenho certeza que o apoio será dobrado por ocasião das eleições de outubro. E o que é melhor, nós vamos ganhar no primeiro turno!”, disse.

(Igor Mota / O Liberal)

Assista ao discurso de Jair Bolsonaro em Belém

Política
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍTICA

MAIS LIDAS EM POLÍTICA